Esportes Pesquisa da FIFPro mostra que 75% de jogadores querem Copa do Mundo a cada 4 anos

Pesquisa da FIFPro mostra que 75% de jogadores querem Copa do Mundo a cada 4 anos

Uma pesquisa realizada pela FIFPro, o sindicato dos jogadores profissionais de futebol, e divulgada nesta terça-feira mostrou que três em cada quatro atletas (75%) preferem o atual calendário da Copa do Mundo, de quatro em quatro anos, ao invés de um Mundial a cada dois anos.

O estudo de opinião organizado pela FIFPro e por sindicatos de jogadores de vários países ouviu mais de 1.000 atletas de cerca de 70 nacionalidades e atestou a rejeição pela proposta em estudo da Fifa de alterar a periodicidade dos Mundiais.

Por regiões, 77% dos futebolistas, tanto na Europa como na Ásia, mostraram-se favoráveis ao atual formato da competição, baixando esta percentagem nas Américas para 63% e na África para 49%, de acordo com o estudo divulgado no site oficial da FIFPro.

No total, 81% dos jogadores classificam como competições favoritas as próprias ligas nacionais ou os Mundiais, de quatro em quatro anos. E somente 21% dos atletas creem que as suas opiniões são respeitadas, assim como o seu bem-estar físico é tomado em consideração por parte dos dirigentes esportivos e as diversas instituições do futebol.

O secretário-geral da FIFPro, Jonas Baer-Hoffmann, destacou que a pesquisa com os jogadores mostra que a maioria dos futebolistas de todo o mundo têm uma clara preferência por jogar a Copa do Mundo a cada quatro anos.

"Ao mesmo tempo, os resultados demonstram a importância de competições da liga nacional para jogadores. São ligas que são a base do nosso jogo e precisamos fazer mais para reforçar, tanto para o bem dos jogadores como para o estabilidade geral do futebol profissional", afirmou Baer-Hoffmann no comunicado oficial divulgado pela FIFPro.

Últimas