Esportes Palmeiras regulariza Deyverson no BID, mas ainda vai definir futuro do atacante

Palmeiras regulariza Deyverson no BID, mas ainda vai definir futuro do atacante

O Palmeiras registrou na manhã desta segunda-feira o atacante Deyverson no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Com isso, o jogador, que retornou de empréstimo do Alavés, da Espanha, está apto a voltar a defender o time alviverde. No entanto, o seu futuro ainda não foi decidido pela diretoria.

O Alavés informou semana passada que não iria efetuar a compra do jogador. O Palmeiras, então, decidiu registrá-lo antes do fechamento da janela de transferências internacionais, o que ocorreu no domingo. O clube fez o processo burocrático a tempo e o nome do atleta aparece no BID nesta segunda.

Deyverson, dessa maneira, pode atuar na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro - na Libertadores só pode entrar no mata-mata. Isso não quer dizer, porém, que o polêmico atacante será reintegrado ao elenco comandado por Abel Ferreira. A diretoria ainda avalia se irá utilizá-lo ou se vai negociá-lo mais uma vez depois de ter emprestado o jogador para Getafe e Alavés. Ainda não existe uma data para ele se reapresentar na Academia de Futebol.

Abel Ferreira quer um novo centroavante em seu elenco, uma vez que constata que há uma carência nessa posição, algo que ele tornou público repetidas vezes. A diretoria tentou viabilizar as contratações de Santos Borré, do River Plate, e Valentín Castellanos, do New York City, mas não teve sucesso nos dois casos.

Deyverson está atrás de Borja na fila para voltar a ter uma oportunidade. O colombiano vive ótima fase no Junior Barranquilla, é o artilheiro da Libertadores ao lado de Gabriel, do Flamengo, com seis gols, e tem boas chances de ser utilizado a partir de agosto, quando reabre a janela internacional e ele voltará de empréstimo se não for comprado pelo time da Colômbia.

Deyverson teve uma passagem discreta pelo futebol espanhol desta vez. Fez apenas um gol e deu duas assistências em 29 partidas. Na maior parte do empréstimo, o jogador foi reserva e utilizado somente no segundo tempo. No ano passado, ele já havia sido emprestado ao Getafe, que, assim como o Alavés, não exerceu a opção de compra. O atacante foi comprado pelo Palmeiras em julho de 2017 com aporte da Cresifa por R$ 19 milhões e seu vínculo com o time paulista se encerra em junho de 2022.

Últimas