Esportes Palmeiras recebe Delfín para avançar no 3º mata-mata em um mês com Abel Ferreira

Palmeiras recebe Delfín para avançar no 3º mata-mata em um mês com Abel Ferreira

O técnico português Abel Ferreira tem tudo para conquistar nesta quarta-feira um feito para selar a comemoração do primeiro mês desde a chegada ao Brasil. A partir das 19h15, no Allianz Parque, o treinador do Palmeiras tem ótimas chances de conduzir o time a passar pelo Delfín pelas oitavas de final da Copa Libertadores e acumular a terceira classificação em mata-mata.

A equipe alviverde é muito favorita por ter vencido o confronto de ida em Manta, no Equador, por 3 a 1, estar invicta no torneio e contar com o retorno de alguns jogadores que se recuperaram nos últimos dias da covid-19. O lateral-esquerdo Matías Viña, o meia Raphael Veiga e o atacante Willian devem ser as novidades em comparação à equipe que, mesmo bastante desfalcada, conquistou uma boa vitória fora de casa semana passada.

O treinador português desembarcou no Brasil na madrugada de 2 de novembro e um mês depois acumula resultados bastante positivos. O aproveitamento dele é de 79% dos pontos disputados. Em oito jogos, o time venceu seis, empatou um e perdeu apenas uma única vez. Além disso, em competições mata-mata Abel não tem passado dificuldade e já conquistou recentemente duas classificações.

Logo na estreia, ele levou o time a confirmar a vantagem diante do Red Bull Bragantino e avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Pelo mesmo torneio, o português conduziu o time a bater o Ceará por 3 a 0 no jogo de ida e a confirmar a classificação fora de casa. Agora, o próximo passo será encarar o América-MG, no fim deste mês, pela semifinal da competição.

Na Libertadores tudo leva a crer que Abel novamente levará o time adiante. Invicto no torneio, o Palmeiras pode até mesmo perder um gol de diferença que estará classificado. Na opinião dos jogadores, a qualidade do trabalho do técnico é o segredo dos resultados positivos em pouco tempo.

"Ele ajudou bastante a gente, tanto no individual como no coletivo. Sempre nos treinos ele chama alguém para conversar individualmente. Isso foi dando confiança para a equipe. Graças a Deus estamos fazendo um bom Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil", disse o volante Danilo.

Últimas