Esportes Palmeiras exalta escolha da estratégia, mas pede pés no chão no duelo de volta

Palmeiras exalta escolha da estratégia, mas pede pés no chão no duelo de volta

Palmeiras exalta escolha da estratégia, mas pede pés no chão no duelo de volta 

O técnico Abel Ferreira apostou na escalação do Palmeiras com três jovens no meio-campo e a estratégia surtiu efeito. Com Danilo, de 19 anos, Patrick de Paula, de 21, e Gabriel Menino, de 20, o time conseguiu parar o River Plate e, mais do que isso, construiu uma ótima vantagem na semifinal da Copa Libertadores com o triunfo por 3 a 0, na noite de terça-feira, em Avellaneda.

Após o duelo, o atacante Rony destacou o acerto de Abel Ferreira na formação e escolha tática. Ele destacou que o time sabia que encontraria dificuldades na Argentina, mas teve uma grande atuação. "Foi um jogo difícil, todos sabíamos que é difícil jogar aqui, da qualidade do River, sabemos da força do River. Tivemos uma semana para estudar e a estratégia do professor Abel deu certo. Estão todos de parabéns pelo grande jogo", afirmou.

Rony abriu caminho para a vitória ao marcar o primeiro gol do duelo em Avellaneda. Depois, o time, que enfrentava alguma dificuldade, foi dominante, com o brilho do seu meio-campo, marcando o segundo gol com Luiz Adriano logo no começo da etapa final. Depois disso, Carrascal se enervou com Gabriel Menino e foi expulso. E Viña ainda fechou o placar: 3 a 0.

Na próxima terça-feira, no Allianz Parque, o Palmeiras poderá perder por até dois gols de diferença que estará na final da Libertadores, em 30 de janeiro, diante do vencedor da série entre Boca Juniors e Santos. Rony, assim como outros jogadores e Abel Ferreira, adotou o discurso de pés no chão.

"Tem mais um jogo. Todo mundo está focado, sabemos da qualidade do River e temos de entrar ligados novamente. Estão todos conscientes sobre o que querem na temporada e estaremos concentrados para fazer uma grande partida novamente", disse o atacante. "A gente sabe da qualidade do jogo do River, temos de entrar mais ligados ainda para fazer um grande jogo e sairmos classificados para a final, que é o mais importante", acrescentou.

Para o duelo de volta, o Palmeiras perdeu o volante Patrick de Paula, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Antes de duelar de novo com o River Plate, o time voltará a jogar pelo Campeonato Brasileiro, sábado, diante do Sport, na Ilha do Retiro. 

Últimas