Esportes Palmeiras dorme no CT e inicia preparação para encarar São Paulo na Libertadores

Palmeiras dorme no CT e inicia preparação para encarar São Paulo na Libertadores

O Palmeiras não teve tempo para lamentar a derrota diante do Atlético-MG, sábado, por 2 a 0, no Mineirão. O clube retornou à capital logo após o jogo do Brasileirão, dormiu no CT da Barra Funda e já trabalhou normalmente na manhã deste domingo visando a decisão por vaga à semifinal da Libertadores contra o São Paulo. Foram diversas situações de jogo trabalhadas por Abel Ferreira.

As equipes se enfrentam na terça-feira no Allianz Parque e o Palmeiras entra com vantagem do 0 a 0 após buscar o 1 a 1 no Morumbi. Repetição do placar leva a definição do semifinalista aos pênaltis, com os visitantes jogando por empate de dois gols ou mais. Quem ganhar avança.

Como poupou muitos titulares em Belo Horizonte, Abel Ferreira pôde trabalhar com a maioria do time que deve levar a campo no Allianz Parque. Expulso ainda no primeiro tempo no Mineirão, Patrick de Paula trabalhou normalmente e espera recuperar a vaga no clássico. Ele iniciou como opção no Morumbi, mas entrou e empatou a partida.

O centroavante Luiz Adriano trabalhou normalmente e vive a expectativa de voltar ao time titular. Deyverson é outra opção após Breno Lopes decepcionar no Morumbi. Todos estavam ao lado de Dudu nas atividades deste domingo.

Abel Ferreira não utilizou apenas quem atuou mais de 45 minutos pelo Brasileirão. O goleiro Weverton e os zagueiros Luan e Gustavo Gómez seriam os titulares fora das atividades. Do mais, briga aberta pelas vagas, já que o português costuma surpreender nas escalações. Poupados, Marcos Rocha, Dudu e Rafael Veiga devem estar entre os 11 no clássico, assim como o goleiro e os defensores.

Nas atividades deste domingo, os jogadores foram divididos em dois grupos de 10, usando apenas uma parte do campo e trabalhando possíveis situações de jogo que Abel imagina encarar na terça-feira. A equipe ofensiva trabalhava para vencer um goleiro, enquanto a parte de marcação e criação tinha de trocar passes rápidos para cumprir metas curtas de como sair da marcação, por exemplo. Saídas em velocidade e viradas de jogo também foram aperfeiçoados.

Últimas