Olimpíadas Calderano perde nas quartas, mas fica para a história do tênis de mesa

Calderano perde nas quartas, mas fica para a história do tênis de mesa

Classificação entre os oito melhores do mundo representa o melhor desempenho de um brasileiro no esporte em olimpíadas

  • Olimpíadas | Do R7, com Lance!

Calderano caiu diante do alemão Dimitrij Ovtcharov nos Jogos de Tóquio 2020

Calderano caiu diante do alemão Dimitrij Ovtcharov nos Jogos de Tóquio 2020

Luisa Gonzalez/Reuters - 28.07.2021

O brasileiro Hugo Calderano perdeu para o alemão Dimitrij Ovtcharov por 4 sets a 2 (parciais 11/7, 11/5, 8/11, 7/11, 8/11, 2/11) nas quartas de final do tênis de mesa e por pouco não foi para as semifinais dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Mesmo com o revés desta quarta-feira (28), Calderano conseguiu o melhor resultado da história para um mesa-tenista brasileiro ao chegar entre os oito melhores do mundo na categoria. O mesa-tenista superou o feito de Hugo Hoyama, que chegou até as oitavas.

O brasileiro venceu o primeiro set por 11 a 7. O alemão Dimitrij Ovtcharov começou pontuando e abrindo 2 a 0, mas Hugo Calderano se recuperou, virou o placar e caminhou para vencer o primeiro set. Já no segundo set, o mesa-tenista dominou de ponta a ponta e venceu com facilidade por 11 a 5.

No terceiro set, Hugo Calderano começou quebrando os saques do oponente e obrigou o técnico alemão pedir tempo. E a tática deu certo. Dimitrij Ovtcharov reagiu, buscou a virada e venceu o brasileiro por 11 a 8 para diminuir o placar. Já no quarto set, Ovtcharov dominou e fez 11 a 7 para empatar o duelo.

No quinto set, Hugo Calderano começou melhor, conseguindo devoluções e quebras de saques. O brasileiro chegou a abrir 6 a 1 e parecia que venceria o set. Entretanto, o alemão reagiu, tirou a diferença de Hugo e venceu o set por 11 a 8 para virar o placar da partida em 3 a 2.

O mesa-tenista brasileiro sentiu a reação do alemão. No sexto set, Ovtcharov começou dominante e sem dar chances para Calderano. Com uma grande atuação, o alemão fechou o set em 11 a 2 e garantiu a vitória por 4 a 2 para avançar à semifinal da Olimpíada.

1º set - Hugo Calderano 11 x 7 Dimitrij Ovtcharov
2º set - Hugo Calderano 11 x 5 Dimitrij Ovtcharov
3º set - Hugo Calderano 8 x 11 Dimitrij Ovtcharov
​4º set - Hugo Calderano 7 x 11 Dimitrij Ovtcharov
​5º set - Hugo Calderano 8 x 11 Dimitrij Ovtcharov
​6º set - Hugo Calderano 2 x 11 Dimitrij Ovtcharov

Últimas