Esportes Musica de Tchaikovsky pode ser usada pela Rússia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Musica de Tchaikovsky pode ser usada pela Rússia nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Como não pode usar o nome da seleção russa, a bandeira e o hino nacional nos Jogos de Tóquio, banidos por dois anos das Olimpíadas e campeonatos mundiais por conta dos escândalos de doping, o Comitê Olímpico Russo pretende utilizar uma música do compositor do século XIX Pyotr Tchaikovsky.

"Encontramos um compromisso para todas as partes. Esperamos que o Comitê Olímpico Internacional aceite nossa proposta em curto prazo", afirmou Stanislav Pozdnyakov, presidente do comitê russo. A mesma música já foi usada em alguns eventos de patinação de velocidade neste ano.

A música de Tchaikovsky é a segunda opção apresentada pelos russos. A primeira, uma canção folclórica patriótica "Katyusha", foi bloqueada neste mês pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), alegando que a delegação não poderia usar "nenhum hino ligado à Rússia".

Nascido em 7 de maio de 1840, Tchaikovsky foi um compositor russo do período romântico, cujas obras estão entre as mais populares do repertório clássico. Primeiro compositor russo a conquistar fama internacional, sua carreira foi impulsionada por sua participação como regente convidado em outros países da Europa e nos Estados Unidos. Como reconhecimento, em 1884 foi homenageado pelo imperador Alexandre III - imperador russo de 1881 a 1894 - e recebeu uma pensão vitalícia.

Últimas