Esportes Murray recebe convite para entrar na chave principal do Aberto da Austrália

Murray recebe convite para entrar na chave principal do Aberto da Austrália

Ex-número 1 do mundo, o escocês Andy Murray foi confirmado na chave principal do Aberto da Austrália nesta quinta-feira. Bicampeão olímpico, o tenista britânico recebeu um convite da organização para disputar o Grand Slam que quase marcou a sua aposentadoria, no início de 2019.

"Estou muito empolgado para voltar a disputar o Aberto da Austrália. Eu vivi grandes momentos ao jogar de um público incrível na Austrália e mal posso esperar para voltar a estar nas quadras de Melbourne Park", declarou o tenista de 34 anos.

Dono de três títulos de Grand Slam, Murray não joga em Melbourne desde 2019. Na ocasião, disse que estava prestes a abandonar as quadras por conta de uma lesão no quadril. A previsão acabou não se confirmando porque o escocês apresentou boa evolução após duas cirurgias no local.

Seu retorno a Melbourne, onde já foi vice-campeão cinco vezes, estava programado para acontecer no início deste ano. Mas ele testou positivo para a covid-19 às vésperas do Aberto da Austrália e precisou desistir. Na ocasião, também havia recebido convite da organização.

Acostumado a frequentar as primeiras posições do ranking da ATP, Murray desabou na lista desde que passou a sofrer com as dores no quadril. Atualmente é o 134º do mundo, sem conseguir entrar direto na chave principal de simples. Com o convite, ele não precisará disputar o qualifying para buscar a vaga na disputa mais importante.

Últimas