Multicampeão pelo City, belga Kompany se aposenta e assume cargo de treinador

Um dos maiores jogadores da história do Manchester City, o zagueiro belga Vincent Kompany, de 34 anos, anunciou nesta segunda-feira um ponto final em sua carreira como jogador profissional. Mas não vai ficar parado, pois já assumiu o cargo de treinador do Anderlecht, clube no qual começou a jogar em 2003 e onde está desde a sua saída do time inglês no ano passado.

Há um ano, Kompany deixou o Manchester City e passou a defender o Anderlecht com uma dupla função. Era jogador e treinador dentro de campo - foram apenas 18 partidas dessa maneira. Agora terá apenas um cargo no clube da primeira divisão da Bélgica e já assinou um contrato de quatro temporadas. "Sim, o número 4 acabou. Nova etapa, novo capítulo. É o momento certo", disse.

"Quero me comprometer totalmente com o meu papel como treinador e preciso de 100% do meu tempo e foco para isso. É por isso que estou deixando a minha carreira como jogador de futebol. A nossa ambição e a nossa fome permanecem as mesmas. Quero ficar no clube pelo menos 4 temporadas e provar que o Anderlecht pode jogar um futebol moderno, com resultados", completou Kompany em declarações ao site oficial do time belga.

No início da carreira profissional, o zagueiro conquistou dois títulos do Campeonato Belga. Ainda atuou pelo Hamburgo, da Alemanha, antes de se transferir ao Manchester City, onde foi capitão e campeão de quatro edições do Campeonato Inglês, outras quatro da Copa da Liga Inglesa, duas da Copa da Inglaterra e outras duas da Supercopa da Inglaterra.

Pela seleção da Bélgica, Kompany jogou de 2004 até o ano passado. Foram 89 jogos e quatro gols marcados. Devido a uma lesão na coxa no final da temporada 2015/2016, não pode ser convocado para a Eurocopa de 2016, na França, mas esteve no grupo que disputou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, e fez a melhor campanha da história do país na competição - terceiro lugar.