Esportes Morre Sándor Puhl, árbitro da final da Copa de 1994 entre Brasil e Itália

Morre Sándor Puhl, árbitro da final da Copa de 1994 entre Brasil e Itália

O ex-árbitro húngaro Sándor Puhl, que apitou a final da Copa do Mundo de 1994 entre Brasil e Itália, além da polêmica partida das quartas de final daquele Mundial entre Itália e Espanha, morreu aos 65 anos, informou a Federação Húngara de Futebol (MLSZ) nesta quinta-feira.

Puhl, que também esteve à frente da final da Liga dos Campeões de 1997 vencida pelo Borussia Dortmund, foi eleito quatro vezes o melhor árbitro do mundo, entre 1994 e 1997, pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS).

O ex-árbitro começou sua carreira em 1984, e atuou na decisão do Mundial dos Estados Unidos, na qual a seleção brasileira conquistou o tetracampeonato nos pênaltis diante dos italianos.

Na Espanha é lembrado por não ter visto, nas quartas de final dessa mesma Copa, a cotovelada dentro da área que o italiano Mauro Tassotti deu no atual técnico da seleção espanhola, Luis Enrique, que acabou sangrando no nariz. Nos últimos anos, Puhl atuou como vice-presidente do comitê de árbitros da MLSZ.

Últimas