Modric diz que saída de Cristiano Ronaldo não limitou elenco do Real Madrid

O meia croata Luka Modric, do Real Madrid, revelou nesta quarta-feira que tinha certeza que o clube espanhol continuaria sendo vitorioso sem Cristiano Ronaldo. Segundo o jogador, a ausência do craque português, que se transferiu para a Juventus em julho de 2018, não é um fator limitante para o elenco comandado pelo técnico francês Zinedine Zidane.

"Não há necessidade de discutir a importância de Cristiano para Madri, mas devo dizer que não estamos impressionados com o fato de ele não estar presente no sentido de que não podemos ter as mesmas ambições. Estávamos convencidos de que continuaríamos a vencer sem ele porque, independentemente da força do indivíduo, a equipe está sempre acima de tudo e a força é mais forte", disse Modric, em entrevista ao jornal croata Sportske Novosti.

O meia reforçou, mais uma vez, a importância do grupo merengue. Questionado sobre quem teria se destacado na temporada, Modric preferiu não citar nomes. Segundo ele, "todos contribuíram para o título da maneira que puderam".

O jogador aproveita o término da competição nacional para repor as suas energias na Croácia. E, falando em renovação de energias, foi assim que ele classificou a juventude merengue composta por Valverde e os atacantes brasileiros Vinicius Junior e Rodrygo.

"Uma nova onda de entusiasmo, frescor, força física e paixão, trazida por bons jogadores jovens, revitalizou o próprio grupo. O clube e o treinador agiram sabiamente sobre isso. Isso também motivou e capacitou os mais velhos e mais experientes a acelerar o ritmo. O resultado é visível", explicou.

O próximo confronto do Real Madrid será diante do Manchester City, do técnico espanhol Pep Guardiola, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Assim como Modric, o restante do elenco madrilenho descansa antes da partida decisiva. Mesmo com a interrupção das competições, os comandados de Zidane mostraram-se motivados e conquistaram o 34.º título do Campeonato Espanhol.