Esportes Miranda reclama de gol anulado e vê São Paulo 'dominante' diante do Palmeiras

Miranda reclama de gol anulado e vê São Paulo 'dominante' diante do Palmeiras

Reta final do tempo normal, cruzamento para área e Gustavo Gómez descia contra as próprias redes, em gol contra que poderia definir a vitória do São Paulo diante do Palmeiras. O lance é invalidado por impedimento de Miranda, que saiu reclamando muito da decisão da arbitragem após consulta ao VAR e enorme indecisão. Na visão do experiente defensor, um equívoco pois não "interferiu" na jogada. Ele lamentou ver a vitória escapar num jogo no qual o time foi "dominante" o tempo todo.

Luiz Flávio de Oliveira ficou bastante indeciso sobre qual decisão tomar no lance do gol. E por várias vezes voltou atrás para olhar o monitor do VAR antes do veredicto. Sofreu pressão de Miranda, que de nada adiantou e a polêmica jogada acabou impugnada. Pior ao zagueiro, ainda advertido com cartão de amarelo.

"É clássico e a gente se alterou um pouco, pois queria vencer e, no nosso ponto de vista, não houve interferência no lance, não desviou em ninguém e não impediu que o zagueiro fizesse o gol contra. Isso nos irritou um pouco", afirmou o são-paulino.

Miranda, apesar da bronca no lance polêmico, ressaltou o bom trabalho apresentado pelo São Paulo no Morumbi. Para ele, o 0 a 0 não refletiu com o apresentado no Choque-Rei pelas equipes e a vitória tinha de ser do time tricolor.

"Fizemos um grande jogo, fomos dominante do primeiro ao último minuto, e os dois lances eram a favor nosso", desabafou, reclamando ainda de um pênalti marcado sobre Marquinhos e depois desmarcado também com o auxílio do VAR.

Além das duas situações, o São Paulo ainda teve um outro gol anulado, por impedimento de Rigoni que, bastante bravo com a arbitragem, acabou levando vermelho no fim por reclamar com veemência com Luiz Flávio.

Mesmo sem o triunfo, Miranda viu coisas boas para a sequência da temporada são-paulina. A equipe vai encarar justamente o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores.

"A gente sai fortalecido, fizemos um grande jogo. Agora é pensar na sequência, pois temos grandes objetivos. Vamos pensar na Copa do Brasil e, na sequência, no Brasileirão e na Libertadores." O São Paulo visita o Vasco pela Copa do Brasil, no meio de semana, com vantagem de 2 a 0. Depois visita o Athletico-PR antes do reencontro com o Palmeiras.

Últimas