Esportes Mike Tyson usa medo de passar vergonha como motivação para luta com Roy Jones Jr.

Mike Tyson usa medo de passar vergonha como motivação para luta com Roy Jones Jr.

Enquanto se prepara para retornar ao boxe, Mike Tyson já está em uma batalha mental. Só que não com o adversário, Roy Jones Jr., e sim com ele mesmo, em conversas internas. Segundo Tyson, ele estaria com medo de acabar passando vergonha e usando isso como motivação.

"Você não quer saber o que se passa aqui em cima", disse o boxeador, apontando para a própria cabeça, em entrevista ao serviço de pay-per-view Triller, que transmitirá a luta. "Meu ego está bravo comigo e estou dizendo, 'cara, você acha que pode voar? Você não é coisa nenhuma. Um amador poderia chegar e chutar o seu traseiro, é melhor chegar ao topo do seu jogo'", revelou Tyson sobre o que se passa em sua mente.

"'Você quer passar vergonha na frente de todas essas pessoas?'. Então o outro ego diz: 'vá se ferrar cara, assiste o que eu vou fazer'", completou Tyson sobre o diálogo interno que tem. Segundo o lutador, seus filhos não queriam que ele cancelasse a luta, e sim que sentasse o traseiro velho dele em casa. Até mesmo Anthony Joshua, atual campeão dos pesos-pesados, expressou preocupação com a decisão.

A luta-exibição entre Tyson e Roy Jones Jr. está marcada para acontecer em 12 de setembro, em Los Angeles. A razão para a volta do boxeador histórico aos ringues é nobre: Tyson irá doar o dinheiro que arrecadar para entidades que auxiliam pessoas sem-teto e viciados em drogas.

Últimas