Esportes Medvedev vai às quartas em Miami e fica a uma vitória de retomar topo do ranking

Medvedev vai às quartas em Miami e fica a uma vitória de retomar topo do ranking

O russo Daniil Medvedev curtiu a liderança do ranking mundial por somente três semanas, tirando Novak Djokovic do trono após o Aberto da Austrália. Viu o sérvio recuperar a posição com queda precoce em Indian Wells, mas já tem a chance de novamente ser o número 1 do tênis. Basta ganhar seu compromisso das quartas de final do Masters 1000 de Miami.

Medvedev vai buscar o topo do ranking diante do perigoso polonês Hubert Hurkacz, número 8 em Miami, que passou sem problemas pelo sul-africano Lloyd Harris, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/2. O russo se credenciou ao superar o americano Jenson Brooksby nas oitavas de final.

O começo do jogo foi complicado para Medvedev. Ele teve o saque quebrado logo no primeiro game e viu o americano sacar em 5 a 4 para fechar o primeiro set. Conseguiu devolver a quebra e embalou para fechar em 7/5.

Ter perdido a chance de fechar desestabilizou o americano, que voltou errando demais no segundo set e foi logo ficando com 3 a 0 contra. Fez o ponto de honra e não demonstrou forças para reagir, perdendo por 6/1 e 2 a 0 em 1h20 de disputa.

"Jenson tem potencial para ser um jogador de ponta. Ele é muito bom e joga melhor do que seu ranking. Eu sabia que não seria uma partida fácil", disse Medvedev em entrevista ainda na quadra. "Eu não tive soluções no início do jogo. O momento crucial foi quando consegui fazer ele sacar para o set e ele ficou um pouco apertado e eu joguei um pouco melhor", afirmou o russo.

Também nesta terça-feira, o alemão Alexander Zverev ganhou mais uma em Miami. A vítima da vez foi o australiano Thanasi Kokkinakis, superado por duplo 6/4. O dia não foi bom para os tenistas da Austrália.

Depois de derrubar dois cabeças de chave, Nick Kyrgios viu seu bom momento ser interrompido ao cair diante do italiano Jannik Sinner, com 7/6 (7/3) e 6/3. Já o norueguês Casper Ruud passou pelo britânico Cameron Norrie, fazendo 6/3 e 6/4.

Últimas