Matheus Ferraz torce pelos retornos de Fred e Thiago Neves ao Fluminense

Uma vez mais, Fred é assunto no Fluminense. O veterano centroavante deverá rescindir em breve o seu contrato com o Cruzeiro, clube recentemente rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, e os torcedores sonham com o retorno do ídolo, campeão nacional em 2010 e em 2012. E não são só eles. Há no elenco comandado pelo técnico Odair Hellmann quem deseje ver o mineiro de novo vestido com a camisa tricolor.

O zagueiro Matheus Ferraz, capitão da equipe neste início de temporada, disse nesta quarta-feira que gostaria muito de ter o goleador como companheiro de time, assim como outro ex-tricolor, Thiago Neves, que anunciou oficialmente a sua saída do Cruzeiro - neste caso, a situação é mais complicada, já que o Grêmio está bastante interessado no meia.

"Nós torcemos para que eles venham. São dois jogadores de extrema qualidade, identificados com o clube", comentou o zagueiro. "Se chegarem, vão ajudar muito o grupo, mas sabemos que há questão burocrática, financeira... São jogadores de um patamar alto".

Na opinião do capitão, a chegada de dois jogadores com mais de 30 anos não seria um problema - Fred tem 36 e Thiago Neves, 34. Matheus Ferraz, ele mesmo um veterano (34 anos), acredita que o avanço na preparação física e na medicina esportiva permite que os atletas joguem em alto nível até muito mais tarde do que em eras passadas.

"O futebol tem mudado muito a questão da idade. Antigamente havia esse preconceito, aos 32 anos o jogador se tornava inútil para alguns clubes. Hoje em dia há uma tecnologia de preparação que traz muitos benefícios, e os atletas se tornaram muito mais profissionais, os jogadores se preparam muito", disse.

Depois de se recuperar de uma grave lesão de joelho, Matheus Ferraz viveu no último domingo a emoção da volta ao futebol com uma vitória sobre a Cabofriense (1 a 0). Melhor ainda, ele assumiu a condição de capitão do Fluminense, o que o deixou muito feliz.

"Fui capitão em alguns clubes, então já sei como lidar com algumas situações. Começando esta temporada como capitão, de alguma forma eu tento passar uma tranquilidade aos jogadores, uma confiança para que possamos estar focados durante o jogo em nossos objetivos", completou.