Massagista do Flamengo está internado em estado grave com suspeita de coronavírus

Massagista do Flamengo, Jorge Luiz Domingos está internado no CTI de um hospital da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, com suspeita de coronavírus. O estado de saúde dele é considerado grave.

Mais conhecido como Jorginho, o massagista de 68 anos trabalha no Flamengo desde a década de 1980. Ele fez parte da delegação do clube na conquista do Mundial Interclubes de 1981, assim como da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002.

Jorginho estava em férias, assim como os demais funcionários do Flamengo que atuam no Ninho do Urubu, além do elenco e da comissão técnica em função da pandemia da covid-19.

Embora tenha apresentado sintomas de coronavírus, Jorginho ainda não recebeu a confirmação que está infectado porque os resultados dos exames feitos pelo massagista ainda não ficaram prontos.

Se confirmado, o caso de coronavírus de Jorginho poderá ser o terceiro no Flamengo durante a pandemia. O vice-presidente de Embaixadas e Consulados do clube, Mauricio Gomes de Mattos, já se recuperou e teve alta. Sandro Rilho, funcionário da Gávea, ainda está internado com suspeita de coronavírus.