Esportes Marcos Rocha critica árbitro e prevê recuperação do Palmeiras: 'É só o começo'

Marcos Rocha critica árbitro e prevê recuperação do Palmeiras: 'É só o começo'

Palmeiras e Ceará protagonizaram um jogo bastante movimentado na estreia do Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra surpreendeu e conseguiu a vitória no Allianz Parque, por 3 a 2. O lateral-direito Marcos Rocha atribuiu o desempenho abaixo do esperado do campeão paulista aos desgastes físicos e mentais provocados pela final do Paulistão e pela viagem à Venezuela para a estreia na Copa Libertadores, na semana passada.

"Jogo difícil contra o São Paulo (pela final do Paulistão), viagem cansativa (para enfrentar o Táchira na Libertadores)... Tem uma hora que você cansa. Mas é só o começo do Campeonato Brasileiro. A gente quer fazer do nosso estádio a nossa fortaleza. Nós sabemos que o clube que faz boa campanha em casa é forte candidato ao título. Foi um tropeço, mas vamos trabalhar jogo a jogo. Agora é buscar os pontos fora de casa para recuperar", avaliou o lateral do Palmeiras.

O jogo válido pela 1ª rodada do Brasileirão também ficou marcado pela atuação confusa do árbitro Caio Max Augusto Vieira (RN). O juiz teve dificuldade para conter os ânimos dos dois times, principalmente na reta final da partida. Em outros momentos, tomou decisões questionadas por ambos os times e sofreu com a forte reação das comissões técnicas de Ceará e Palmeiras.

Marcos Rocha acrescentou ao fim do jogo uma crítica ao desempenho do juiz. "O árbitro esteve um pouco perdido em suas ações no jogo, deixando as equipes nervosas... É reflexo do que foi o apito hoje", comentou o experiente jogador.

O próximo compromisso do Palmeiras será novamente no Allianz Parque, mas agora pela Libertadores. O time do técnico Abel Ferreira recebe o boliviano Independiente Petrolero, na terça-feira, às 21h30. Pelo Brasileirão, o time paulista volta a atuar no próximo sábado, às 16h30, fora de casa, diante do Goiás.

Últimas