Esportes Marcinho aponta falhas individuais e Felipe Augusto lamenta revés do Cruzeiro

Marcinho aponta falhas individuais e Felipe Augusto lamenta revés do Cruzeiro

O Cruzeiro não conseguiu emendar a sonhada segunda vitória seguida na Série B do Campeonato Brasileiro. Após vencer o Vasco, por 2 a 1, o time do técnico Mozart Santos levou a virada do CSA, por 2 a 1, na noite deste domingo, no Rei Pelé, em Maceió, pela sétima rodada. Para Marcinho, o tropeço foi culpa dos próprios cruzeirenses.

"A gente teve duas falhas individuais que não podem acontecer no Cruzeiro. O time começou o jogo bem, fez o primeiro gol, mas deu uma caída e o CSA aproveitou essas falhas e fez esses dois gols", disse o atacante.

Felipe Augusto abriu o marcador logo aos 5 minutos, mas Iury virou com gols aos 27 e 28 minutos também do primeiro tempo. No segundo gol, ele roubou a bola de Joseph.

"A gente veio com intuito de buscar a segunda vitória, fez o mais difícil, que foi sair na frente, mas infelizmente tomou ali a virada ali", comenta o autor do gol do Cruzeiro", analisou Felipe Augusto.

O resultado negativo deixou o Cruzeiro próximo da zona de rebaixamento. O clube mineiro ocupa a 13ª colocação com sete pontos, a um da degola. Na oitava rodada, o Cruzeiro receberá o Guarani na quarta-feira, às 19 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Últimas