Esportes Manoel Messias se destaca na corrida, mas termina em 28º no triatlo em Tóquio

Manoel Messias se destaca na corrida, mas termina em 28º no triatlo em Tóquio

Em sua estreia em Olimpíadas, o brasileiro Manoel Messias terminou a prova do triatlo em 28º lugar na noite deste domingo, pelo horário de Brasília (manhã de segunda-feira em Tóquio), na Olimpíada. O cearense de 24 anos começou mal, mas se destacou na corrida, impondo forte reação na reta final.

Messias completou a prova, que reúne natação, ciclismo e corrida, em 1h48min11s, a 3min07s do medalhista de ouro, o norueguês Kristian Blummenfelt, que terminou em 1h45min04s. O britânico Alex Yee faturou a prata (1h45min15s), enquanto o neozelandês Hayden Wilde (1h45min24s) conquistou o bronze.

O triatlo compreende 1.500 metros de natação, 40 quilômetros de bicicleta e 10 quilômetros de corrida. Em Tóquio, eram 51 competidores. Messias teve um fraco início de performance, ficando entre os últimos na natação. Até a primeira transição, seguia nas posições finais.

A reação começou na bicicleta. Na segunda e última transição, subiu para o 38º lugar e passou a superar seguidos adversários na corrida até terminar num honroso 28º posto. Atual número 1 do mundo no triatlo, o americano Kevin McDowell decepcionou e foi apenas o sexto colocado, 50 segundos atrás do campeão olímpico norueguês.

Estreante em Jogos Olímpicos, Messias entrou no esporte num projeto social cearense. Nascido em Fortaleza, ele passou a se destacar no triatlo ainda na base. E chegou ao auge em 2015 ao se sagrar campeão mundial júnior. E, logo em seu primeiro ciclo olímpico, o brasileiro obteve a vaga para competir em Tóquio.

Além de Messias, representam o Brasil no triatlo na capital japonesa a cearense Vittoria Lopes e a paulista Luisa Baptista. Assim como o cearense, as duas não chegaram à Olimpíada com status de favoritas.

Últimas