Sebastien Loeb vence mais uma etapa nos carros e abre vantagem na ponta do Dakar

A disputa entre os carros do Rally Dakar, o mais tradicional do mundo, está ficando cada vez mais tranquila para a dupla formada pelo piloto francês Sebastien Loeb e o navegador macedônio Daniel Elena. Nesta quinta-feira, os parceiros que guiam um carro Peugeot venceram a quinta etapa da competição - uma especial de 321 quilômetros entre Jujuy (Argentina) e Uyuni (Bolívia). Foi a terceira vitória em quatro etapas cronometradas até aqui.

Com o tempo de 3h32min34s, Loeb e Elena foram 22 segundos melhores que os segundos colocados, os espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz. Quem completou o pódio foram os franceses Stéphane Peterhansel e Jean Paul Cottret, que haviam sido vencedores na última quarta-feira e ficaram em terceiro desta vez, posição que os manteve na vice-liderança na soma dos tempos, com 7min48s de desvantagem.

Entre os brasileiros, João Franciosi e Gustavo Gugelmim ficaram na 31ª colocação na etapa e estão em 33.º no Rally Dakar como um todo.

Entre as motos, o australiano Toby Price venceu nesta quinta-feira a quinta etapa. O piloto da KTM completou o trajeto em 4h03min44s, com vantagem de 2min21s para o segundo colocado, o francês Antoine Urino. O eslovaco Stefan Svitko ficou com a terceira posição, a 2min33s do líder.

A liderança da classificação geral continua com o português Paulo Gonçalves, da Honda. Ele foi apenas o 12.º colocado nesta quinta-feira e tem 1min45s de vantagem para o vice-líder, Svitko, e 1min47s para o terceiro, o próprio Price.