Recordistas: sem uma perna, homem vira esgrimista, dançarino e corredor

Alex de Souza encontrou forças no esporte para lidar com o preconceito

O Esporte Fantástico apresenta a história de superação de Alex de Souza. Ele nasceu com má formação genética e desde a infância teve que aprender a viver sem a perda direita. Quem pensa que isso foi o problema está enganado, a deficiência só deu mais forças para ele seguir em frente.

Aos 38 anos, Alex acredita que o principal problema de tudo é o preconceito das pessoas, que não sabem entender a normalidade do processo. Foi no esporte que ele encontrou forças para se reerguer e, atualmente, ele é esgrimista, dançarino e corredor. Assista a história a seguir.