Messi reencontrará técnico que o convocou pela 1ª vez para seleção argentina

La Serena (Chile), 23 jun (EFE).- Lionel Messi, um dos maiores astros da Copa América, encarará nesta sexta-feira, o técnico José Pekerman, que agora comanda a Colômbia e foi o responsável por lançá-lo na seleção argentina. Em 17 de agosto de 2005, a então promessa do Barcelona entrou no gramado aos 18 minutos do segundo tempo do amistoso contra a Hungria, mas a estreia com a camisa 'albiceleste' durou pouco, já que 30 segundos depois, Messi acabou expulso. A primeira impressão, no entanto, não ficou para Pekerman, chamado na Argentina de "O Professor", tanto é que o futuro camisa 10 acabou convocado para a Copa do Mundo de 2006, em que os duas vezes campeões acabaram caindo nas quartas de final. "Sempre vou ser grato a Pekerman por ter me dado a oportunidade de estrear em uma Copa do Mundo. Ele me deu muitos conselhos, então, não poderia esquecê-lo", disse o craque, logo depois da primeira vitória no prêmio Bola de Ouro, em 2009. O mais notório jogador da Argentina, no entanto, não foi o único que ganhou a primeira chance com Pekerman. O lateral-direito Pablo Zabaleta e o zagueiro Martín Demichelis foram outros que estrearam pelas mãos do agora técnico da Colômbia. Zabaleta também vestiu a camisa argentina de maneira inédita contra os húngaros, quase dez anos atrás. Em novembro do mesmo ano, foi a vez de Demichelis atuar pela seleção pela primeira vez, em amistoso contra a Inglaterra. Além do trio, Pekerman ainda fez Javier Mascherano como capitão, mesmo o então jogador do Corinthians tendo apenas 20 anos, em amistoso contra o México, disputado nos Estados Unidos. EFE atc/bg