Mais Esportes Gafes marcam encontro da 'paz' entre Paes e australianos na Vila Olímpica

Gafes marcam encontro da 'paz' entre Paes e australianos na Vila Olímpica

O encontro do prefeito do Rio, Eduardo Paes, com a chefe da delegação da Austrália, Kitty Chiller, na Vila Olímpica nesta quarta-feira para selar a paz entre os países foi marcado por algumas gafes. O compromisso estava marcado para as 13 horas, mas os australianos tiveram de aguardar 25 minutos pela chegada do prefeito. O atraso foi observado por um dos chefes da equipe em conversa informal.

Os atletas, na maioria do hóquei sobre grama, aproveitaram a espera para tirar fotos. Parte do grupo estava sentado em um palco destinado para "pocket shows" na zona internacional da Vila quando foi surpreendida por uma ventania. As lonas da lateral da estrutura começaram a voar em direção aos atletas.

O problema se repetiu assim que o prefeito começou a discursar, o que levou Paes a dizer em inglês: "Espero que não caia." E completou em português: "Eu ficaria muito feliz se alguém segurasse isso." Ninguém segurou, mas o vento deu uma trégua.

Uma frase do discurso de Paes também não passou despercebida. Em inglês, o prefeito declarou: "Sei que vocês têm um diferente nível de civilização." As palavras foram ditas pouco antes de o prefeito pedir desculpas pela confusão com os australianos.

PRESENTE - O prefeito saiu rapidamente para participar de um evento com o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, no centro da cidade. Antes de deixar o local, ele perguntou para os assessores onde estava o canguru de pelúcia que ganhara de presente dos australianos. Ao Estadão.com, contou o destino do símbolo de reconciliação: "Vou dar para minha filha."

Últimas