Mais Esportes Ex-tenista, Navratilova anuncia que foi diagnosticada com câncer de mama e na garganta

Ex-tenista, Navratilova anuncia que foi diagnosticada com câncer de mama e na garganta

Aos 66 anos, Martina tem doença no estágio inicial, em que é 'curável'; americana está aposentada desde 2006

Agência EFE
Ex-tenista, Navratilova tem 66 anos e se aposentou das quadras em 2006

Ex-tenista, Navratilova tem 66 anos e se aposentou das quadras em 2006

EFE/Sergio Carmona

A ex-tenista tcheca naturalizada americana Martina Navratilova, vencedora de 18 Grand Slams, anunciou nesta segunda-feira (2) que tem um câncer de mama e um de garganta, ambos em fase "curável".

"Esse 'golpe duplo' é sério, mas ainda assim é curável. Espero que dê certo. Vai chatear durante algum tempo, mas vou lutar com tudo o que tenho", disse Navratilova, em declarações divulgadas pela WTA (Associação de Tênis Feminino, na sigla em inglês).

A lendária jogadora, que tem 59 títulos em sua carreira, entre simples, duplas e duplas mistas, descobriu que tinha um nódulo no pescoço no último WTA Finals em Fort Worth (Texas), e os exames detectaram um câncer de garganta e um de mama, ambos em estágios iniciais de desenvolvimento. Navratilova, de 66 anos, já teve câncer de mama em 2010. Ela começará os tratamentos na próxima semana em Nova York, informou a WTA.

Reconhecida como uma das lendas do esporte mundial no século 20, Navratilova marcou uma era no tênis com 332 semanas no topo do ranking mundial entre 1978 e 1987 e vitórias nos quatro torneios Grand Slam: Austrália, Roland Garros, Wimbledon e o Aberto dos Estados Unidos.

Tenistas Pigossi e Stefani recebem a medalha de bronze olímpica

Últimas