Mais Esportes Ex-número 1 do mundo, Jelena Jankovic é confirmada no WTA de Florianópolis

Ex-número 1 do mundo, Jelena Jankovic é confirmada no WTA de Florianópolis

Ex-líder do ranking mundial, Jelena Jankovic teve a sua presença oficialmente confirmada nesta sexta-feira no WTA de Florianópolis, cuja próxima edição ocorrerá entre os dias 30 de julho e 5 de agosto nas quadras da Federação Catarinense de Tênis.

Hoje na 27ª posição da listagem da WTA, a sérvia será a principal estrela da competição e, ao ser confirmada no torneio, aumentou para 21 o número de tenistas que estarão nas disputas femininas da modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio, que começam logo após o término do evento na capital catarinense.

Entre elas estão Teliana Pereira e Paula Gonçalves, que formarão a dupla feminina do Brasil na Olimpíada. Campeã da chave de simples em Florianópolis no ano passado, Teliana jogará pela primeira vez nas duplas da competição em Santa Catarina.

Jankovic, por sua vez, lutará para conquistar em Florianópolis o 16º título de simples de sua carreira, na qual tem também no seu currículo um troféu de Grand Slam conquistado nas duplas mistas de Wimbledon em 2007, ao lado do britânico Jamie Murray, atual parceiro do brasileiro Bruno Soares no circuito profissional masculino.

No Rio, Jankovic jogará a sua quarta Olimpíada, depois de ter ido aos Jogos de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012. E a presença da estrela sérvia nesta edição do WTA de Florianópolis foi muito comemorada pelos organizadores do torneio.

"Conversei com várias atletas e conseguimos fechar com a Jankovic na quarta-feira. A primeira conversa com ela havia sido em Roland Garros e faltava a confirmação da vinda aos Jogos Olímpicos", revelou o diretor do WTA catarinense e presidente da Federação Catarinense de Tênis, Rafael Westrupp, por meio da assessoria do torneio.

"É uma grande jogadora e teremos o privilégio de receber mais uma vez uma tenista que esteve no topo do ranking, além de várias atletas que estarão na Olimpíada, o que só é possível devido à mudança da data do torneio. Deixamos de concorrer com torneios como o de Doha e ainda temos a proximidade do Rio-2016", completou.

Últimas