Brasil bate a Colômbia e avança à final do Sul-Americano de Vôlei Masculino

Sem qualquer problema, a seleção brasileira masculina de vôlei conseguiu neste sábado a sua classificação à decisão do Campeonato Sul-Americano, que está sendo realizado no ginásio do SESI, em Maceió. Os comandados do técnico Bernardinho venceram com tranquilidade a Colômbia por 3 sets a 0 - com parciais de 25/19, 25/14 e 25/10.

Como já era esperado desde o início da competição, a decisão será entre Brasil e Argentina. Na primeira semifinal do dia na capital alagoana, os argentinos tiveram dificuldades apenas no segundo set para derrotarem a Venezuela por 3 sets a 1 - com parciais de 25/18, 20/25, 25/16 e 25/18.

Apesar do Brasil ter sofrido para ganhar do Chile na segunda rodada da fase de grupos - foi de virada por 3 sets a 1 -, a final deste domingo, às 10h15, contra a Argentina será o teste mais difícil da equipe comandada por Bernardinho. Mas os argentinos não foram a Maceió com força máxima - o técnico Julio Velasco, tricampeão mundial com a Itália nos anos 90, e o elenco que brigou por uma das duas vagas em disputa na Copa do Mundo do Japão, no mês passado, estão fora.

Já a seleção brasileira, que não pôde disputar a Copa do Mundo por uma imposição da FIVB (Federação Internacional de Vôlei), neste sábado jogou com sua equipe completa. Lucão e Lucarelli, ausentes em praticamente toda a fase de grupos por causa de problemas físicos, foram usados por Bernardinho, que não quis correr o risco de alguma zebra.