Mais de 20.000 torcedores comemoram a volta do rúgbi em estádio na Nova Zelândia

Sem nenhum registro de casos de transmissão de coronavírus há mais de três semanas e sem nenhum caso ativo há uma semana, a Nova Zelândia festejou o retorno do rúgbi profissional, um dos esportes mais populares do país, com o estádio em Dunedin com 20 mil torcedores para ver a vitória dos Otago Highlanders, por 28 a 27, sobre os Waikato Chiefs.

O público no estádio, sem restrições de comportamento, relembrou o período antes da pandemia do coronavírus, quando os jogos foi paralisados em março. Os torcedores comemoraram o tempo todo até o último lance, que definiu a partida.

Este duelo abriu o Super Rugby Aotearoa. A competição é uma versão reduzida do Super Rugby, na qual equipes da Nova Zelândia, África do Sul, Austrália, Argentina e Japão se enfrentavam antes da suspensão por causa da pandemia.

A Nova Zelândia tem cinco milhões de habitantes e foi considerada um exemplo da luta contra o coronavírus, com apenas 22 mortes. Na segunda-feira, o país suspendeu as últimas restrições.