Esportes Maicon admite início ruim do Grêmio em empate: 'Temos de botar a bola no chão'

Maicon admite início ruim do Grêmio em empate: 'Temos de botar a bola no chão'

Lutando pelo título do Campeonato Brasileiro, do qual não se sagra campeão desde 1996, o Grêmio recebeu o Atlético-MG, nesta quarta-feira, em Porto Alegre, e ficou no empate por 1 a 1. Após o duelo, o meio-campista Maicon comentou a atuação do time.

Ele reconheceu que os donos da casa não fizeram bom início de partida, assim como havia acontecido diante do Palmeiras, na última sexta-feira, no Allianz Parque, em São Paulo. Mas destacou que os confrontos diretos deixam o time na briga pelo título. Os gaúchos ainda enfrentam Internacional, Flamengo e São Paulo, times que lutam pela liderança. Serão jogos decisivos, confrontos diretos, chamados de jogo de seis pontos onde quem vence sobe na tabela.

"Vamos pegar adversários que brigam pelo título, nós também estamos. O empate é sempre ruim. Começamos a partida muito abaixo do que podemos apresentar. Começamos hoje e contra o Palmeiras muito mal, a gente sabe, não tem porque esconder, até porque está todo mundo vendo o jogo. É levar isso como aprendizado. Tem que botar a bola no chão, contra o Palmeiras botamos a bola no chão e empatamos", avaliou.

Agora com 51 pontos no Brasileirão, o Grêmio faz o clássico Gre-Nal com o Internacional, às 16h de domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Maicon admitiu que não deve ter condições de começar o jogo. "É difícil pra mim. Eu quero jogar mais, mas infelizmente não consigo", encerrou o meio-campista.

Além de estarem envolvido no Brasileirão, os comandados de Renato Gaúcho ainda decidirão a Copa do Brasil com o Palmeiras, em dois jogos marcados para o mês de fevereiro.

Últimas