Lenda do boxe, Roberto Durán testa positivo para Covid-19

SAUDE-CORONAVIRUS-BOXE-ROBERTODURAN:Lenda do boxe, Roberto Durán testa positivo para Covid-19

CIDADE DO PANAMÁ (Reuters) - O ex-campeão mundial de boxe Roberto "Mãos de Pedra" Durán testou positivo para o novo coronavírus após ser internado em um centro hospitalar com sintomas semelhantes aos de uma gripe, disse o filho do pugilista na quinta-feira.

"Os exames de meu pai acabaram de chegar e confirmam que ele é positivo para a Covid-19", escreveu Robin Durán em sua conta no Instagram.

"Por enquanto, ele ainda não apresenta sintomas, além de um simples resfriado, ele não está em terapia intensiva, nem em um respirador, ele ainda está sob observação", acrescentou.

O ex-boxeador panamenho de 69 anos se aposentou em 2001 e é considerado um dos melhores pesos leves da história. Ele lutou por cinco décadas, conquistou quatro títulos mundiais diferentes, e seu recorde é de 103 vitórias, com 70 nocautes, e 16 derrotas.

Conhecido por seus potentes socos, Durán, que cresceu no distrito pobre de El Chorillo, na Cidade do Panamá, e conquistou seu primeiro título em 1972, é hoje considerado um herói nacional.

"O médico nos diz que seus pulmões estão bem e que não há sinais de gravidade. Vamos continuar acreditando que tudo vai dar certo", disse o filho do pugilista.

O Panamá registrou 29.037 infecções pelo novo coronavírus e 564 mortes.

(Por Elida Moreno; Reportagem adicional de Carlos Calvo Pacheco)