Esportes Leclerc coloca Ferrari na pole position para Grande Prêmio da Austrália

Leclerc coloca Ferrari na pole position para Grande Prêmio da Austrália

FORMULA-1-LECLERC-POLE:Leclerc coloca Ferrari na pole position para Grande Prêmio da Austrália

Reuters - Esportes

Por Ian Ransom

MELBOURNE, Austrália (Reuters) - Charles Leclerc, da Ferrari, ficou neste sábado com a pole position para o Grande Prêmio da Austrália, superando o campeão mundial Max Verstappen, da Red Bull, no circuito de Albert Park.

Leclerc deixou o seu melhor para o fim, com uma volta de 1min17s868, quase três décimos mais rápida que a de Verstappen, deixando o holandês em estado de choque pelo desempenho do seu carro RB18.

O companheiro de equipe de Verstappen, Sergio Pérez, foi o terceiro mais rápido, com Lando Norris, da McLaren, em quarto lugar no grid de largada.

A 11ª pole position de Leclerc, e a sua segunda na temporada, preparou mais um confronto com Verstappen no domingo. A rivalidade entre eles está dominando as primeiras corridas.

Leclerc disse que conseguiu “arrumar tudo” na terceira e última fase do classificatório. “Estamos novamente muito próximos da Red Bull. Então será uma corrida acirrada.”

O piloto da Ferrari foi convocado pelos fiscais de prova por “dirigir de maneira desnecessariamente lenta” em uma volta para valer, mas nenhuma medida foi tomada. Leclerc e sua equipe explicaram que a ideia era que fosse uma volta de resfriamento e não uma volta a todo vapor, antes de mudarem de ideia.

Verstappen afirmou que estava tendo um “terrível” fim de semana, sofrendo com o equilíbrio do carro.

“Eu não me senti bem com o carro o fim de semana inteiro até agora...Claro que segundo lugar (no grid) ainda é um bom resultado”, acrescentou.

O heptacampeão mundial, Lewis Hamilton, cuja sequência de seis pole positions consecutivas no Albert Park foi quebrada, começará em quinto lugar, à frente do seu companheiro de equipe, George Russell, em sexto, em uma sessão animadora para a Mercedes, que tem sofrido nesta temporada com um carro instável.

No entanto, eles talvez tenham que lutar com a McLaren para ser a “melhor do resto” após Ferrari e Red Bull.

O ídolo local da McLaren, Daniel Ricciardo, largará em sétimo lugar no grid, à frente de Esteban Ocon, da Alpine, em oitavo.

A tarde foi difícil para muitos dos pilotos, com duas bandeiras vermelhas após fortes batidas e um sol baixo que prejudicou a visibilidade na segunda fase do treino.

Uma complicação extra foi a decisão dos fiscais de prova de remover uma das quatro zonas do circuito em que as asas móveis podem ser abertas, o que encoraja ultrapassagens, por motivos de segurança, após analisarem os treinos de sexta-feira.

O bicampeão mundial Fernando Alonso bateu no começo da última sessão da classificação, levando seu carro da Alpine ao muro na curva 11.

“Eu perdi a hidráulica e não conseguia mudar a marcha”, lamentou, no rádio da equipe, antes de seu carro ser retirado do circuito por um guindaste.

Lance Stroll, da Aston Martin, colidiu com Nicholas Latifi, da Williams, na curva cinco da primeira etapa do treino, tirando os dois canadenses de ação.

Latifi, que agora bateu em três dos últimos quatro fins de semana de corrida, tentou ultrapassar Stroll, após tê-lo deixado passar, mas acabou batendo nele, enquanto Stroll virava à direita.

Stroll reclamou bastante pelo rádio, mas os fiscais de prova decidiram que ele foi o principal responsável pela batida e lhe deram uma punição de três posições no grid e dois pontos na classificação. Ele e seu companheiro de equipe Sebastian Vettel bateram no último treino livre no sábado.

O acidente de Stroll no classificatório deu à equipe mais tempo para consertar o carro de Vettel, e o tetracampeão finalmente foi à pista, a dois minutos do fim, para fazer a segunda volta mais lenta.

Vettel foi o 17º mais rápido e acabou eliminado na primeira fase junto com Stroll, Alex Albon e Latifi, da Williams, e Kevin Magunssen, da Haas.

Albon, que largaria em 16º lugar, foi desclassificado porque seu carro não tinha combustível suficiente para a extração de um litro de amostra após a sessão, mas os fiscais depois disseram que ele poderá largar na corrida de domingo.

O piloto tailandês, que já recebeu uma punição de três posições no grid de largada na corrida passada, em Jeddah, havia sido orientado a encostar na lateral da pista pelo engenheiro de prova ao fim da primeira sessão.

Últimas