Esportes LeBron James critica a possível realização do All-Star Game: "É um tapa na cara'

LeBron James critica a possível realização do All-Star Game: "É um tapa na cara'

LeBron James, astro do Los Angeles Lakers, criticou a possível realização do All-Star Game no próximo mês em plena pandemia do coronavírus. O jogador afirmou que o evento seria um "tapa na cara" dos atletas.

"Não tenho energia e nem emoção para um jogo de All-Star este ano", disse LeBron, após a vitória dos Lakers sobre o Denver Nuggets, por 114 a 93, na rodada de quinta-feira à noite. No final do ano passado, a NBA cancelou o "Jogo das Estrelas" previsto para fevereiro em Indianápolis devido aos riscos da pandemia.

Porém, a principal liga de basquete dos Estados Unidos voltou a negociar com a Associação de Jogadores (NBPA) nas últimas semanas com a intenção de fazer um evento em 7 de março.

"Viemos de um curto período entre as temporadas e quando voltamos eles nos disseram que não íamos ter um All Star para que pudéssemos descansar um pouco. E agora querem o evento", disse LeBron. "É como uma bofetada na cara. Ainda estamos lidando com a pandemia e vamos trazer o campeonato inteiro para uma cidade. Não fico feliz com isso. Se for eleito, estarei lá fisicamente, mas não mentalmente", continuou a estrela maior do basquete mundial.

Aos 36 anos, 18 deles atuando na NBA, LeBron James tem sido um dos jogadores mais votados pelo público para participar do All-Star Game, ao lado de Kevin Durant, do Brooklyn Nets.

O armador De'Aaron Fox, do Sacramento Kings, apoiou LeBron e disse que ter o All-Star depois que 20 jogos da atual temporada foram suspensos por causa de casos de covid-19 é "algo estúpido". "Se tivermos que usar uma máscara e fazer tudo isso para um jogo normal, qual é o sentido de trazer de volta o All-Star Game?", perguntou Fox. "Obviamente, o dinheiro faz o mundo girar, então é isso que importa."

Últimas