Lance Zverev: 'Rafa é o favorito, não importa as condições'

Zverev: 'Rafa é o favorito, não importa as condições'

Alemão tenta terceira vitória contra espanhol nesta sexta-feira

Lance
Lance

Lance

Lance

O alemão Alexander Zverev conversou com o site da ATP após se garantir nas quartas de final do Masters de Madri, na Espanha, onde enfrenta o local Rafael Nadal e afirmou que independente das condições, o local é favorito em qualquer situação.

Ao site da ATP, Zverev iniciou falando sobre o encontro contra o espanhol Rafael Nadal: “Já o venci nas últimas vezes que jogamos, mas obviamente vencê-lo em uma quadra de saibro é muito diferente. Tive algumas batalhas difíceis. Acho também que quando você o vence algumas vezes seguidas, não importa onde, ele estará mais motivado para vencê-lo nas próximas vezes", pontuou.

Rafa e Zverev se enfrentaram no saibro pela última vez no saibro de Roma em 2018, onde o espanhol venceu em três sets, mas as condições de Madri: saibro mais rápido e na altitude o que pode beneficiar o saque do alemão. “Há um quique maior e, definitivamente, o saque passa pela quadra mais rápido. Além disso, a bola voa muito mais rápido, então você pode jogar de forma mais agressiva aqui do que em outras quadras de saibro. Mesmo assim, acho que Rafa é o favorito onde quer que vá, isso não vai mudar”.

“Ele se movimenta melhor em quadra de saibro do que em quadra dura, então não é fácil acertar bolas vencedoras contra ele. Mas eu tenho que administrar isso amanhã”, disse Zverev.

O jovem alemão, de 23 anos, é o tenista da sua geração que mais enfrentou e venceu os tenistas do Big (Nadal, Roger Federer e Novak Djokovic), tendo inclusive vencido Djokovic e Federer em Masters. Ele também falou deste retrospecto: “Eu sinto que quando você joga contra [os 3 grandes], você joga nas fases finais de um torneio, você joga nos melhores momentos. E eu sinto que você está jogando o seu melhor também, então você tem que jogar o seu melhor para ter uma chance. Mas eu também fui dominado por todos eles algumas vezes na minha vida, então espero que amanhã não seja um caso como esse”.

Últimas