Lance Zverev celebra incrível virada diante de Tsitsipas na semi de Cincinnati

Zverev celebra incrível virada diante de Tsitsipas na semi de Cincinnati

Alemão perdia por 4 a 1 no terceiro set e venceu após recuperar duas quebras de saque

Lance
Lance

Lance

Lance

Após a fantástica virada sobre Stefanos Tsitsipas quando perdia por 4 a 1 no terceiro set e com duas quebras atrás na semifinal do Master Series 1000 de Cincinnati, Alexander Zverev afirmou que utilizou a mesma tática adotada para derrotar Novak Djokovic na Olimpíada de Tóquio, na semifinal da competição.

Naquela ocasião, o alemão perdia para o número 1 do ranking mundial por 3 a 2, no segundo set com uma quebra atrás. Se Djokovic mantivesse seu serviço ele conseguiria a classificação para a final dos Jogos Olímpicos. Sobre a partida de ontem, Zverev disse que percebeu que Tsitsipas apresentou uma redução na intensidade na quadra. “Depois da primeira quebra (para chegar a 2-4), eu pensei que havia uma chance pois percebi que ele não estava sacando bombas e eu estava bem nas longas trocas de bolas. Usei um pouco da mentalidade que eu tive contra o Novak nas Olimpíadas”, disse o jogador que venceu Tsitsipas por 2 sets a 1 (6/4, 3/6 e 7/6 (4).

Depois da partida, Zverev reclamou da conduta do adversário durante o confronto. O atleta grego interrompeu a partida por oito minutos para ir ao banheiro. Quando retornou à quadra, Tsitsipas foi vaiado pelo público que estava assistindo à partida. “Eu fiquei frustrado porque isso já aconteceu no Aberto da França, antes do quinto set. Isso aconteceu em Acapulco também, então foi um pouco frustrante. Mas nós somos competitivos e estamos tentando vencer um ao outro”, ressaltou o alemão, que completou o seu pensamento sobre a polêmica.

“Sou muito orgulhoso sobre a minha carreira. Eu nunca pego um tempo médico quando eu não preciso e nunca vou ao banheiro quando não preciso também”, comentou.


Na decisão do torneio que será realizada neste domingo às 17h30 (hora de Brasília), Zverev enfrentará o russo Andrey Rublev que derrotou o seu compatriota Daniil Medvedev por 2 sets a 1, parciais de 2/6, 6/3 e 6/3.

Últimas