Lance WTA avisa que só voltará torneios na China com solução do caso Peng

WTA avisa que só voltará torneios na China com solução do caso Peng

Autoridades chinesas escondem a ex-jogadora desde novembro de 2021 quando ela denunciou ex-premier chinês por abuso sexual

Lance
Lance

Lance

Lance

A WTA, órgão regulador do tênis feminino, diz que quer rever Shuai Peng pessoalmente antes de retomar os torneios na China. O calendário da entidade foi divulgado somente até o US Open.

A WTA suspendeu todos os torneios na China devido a preocupações com a segurança de Shuai Peng, que acusou um ex-funcionário do governo de agressão sexual, em novembro de 2021.
Em entrevista à agência Reuters, a entidade afirmou que ainda não teve contato direto com a jogadora desde então.

Peng acusou Zhang Gaoli, ex-vice-premier chinês, de agressão sexual em 2021 em uma postagem nas redes sociais que logo foi removida da internet do país. Mais tarde, ela disse que a postagem foi "um enorme mal-entendido" e que ela estava se aposentando do tênis.

A postagem de Peng causou protestos internacionais sobre sua segurança e levou a Associação Feminina de Tênis a suspender os torneios na China – uma decisão que deve custar centenas de milhões de dólares à turnê feminina em transmissão e patrocínio.


Um calendário provisório de torneios de 2023 divulgado no final do ano passado listava a programação da WTA até setembro, mas não havia clareza sobre os eventos a serem realizados na China.

“Não houve nenhuma mudança na posição da WTA em um retorno à China e apenas confirmamos nosso calendário de 2023 por meio do US Open”, afirmou a WTA em comunicado. “Um retorno à região exigirá uma resolução para a situação de Peng, na qual ela deu um passo ousado ao divulgar publicamente a acusação de que foi abusada sexualmente por um líder sênior do governo chinês. Como faríamos com qualquer uma de nossas jogadoras em todo o mundo, pedimos uma investigação formal sobre as alegações pelas autoridades apropriadas e uma oportunidade para a WTA se encontrar com Peng – em particular – para discutir sua situação.”

A WTA disse ter recebido a confirmação de que Peng está segura e confortável, mas ainda não se encontrou com ela. “Continuamos firmes em nossa posição e nossos pensamentos permanecem com Peng. A WTA continua trabalhando para uma resolução. Embora sempre tenhamos indicado que esperamos estar em condições de operar novamente os eventos WTA na região, não comprometeremos nossos princípios fundadores para fazê-lo".

Últimas