Lance Willian Rocha fala sobre saída do CSA: 'Infelizmente não tive muitas oportunidade'

Willian Rocha fala sobre saída do CSA: 'Infelizmente não tive muitas oportunidade'

Atleta que disputou apenas quatro jogos pelo clube alagoano teve seu acordo junto ao Marujo rescindido no início da semana

Lance
Lance

Lance

Lance

Na última segunda-feira (21), o zagueiro Willian Rocha anunciou por meio de suas redes sociais a rescisão de contrato com o CSA. O atleta chegou nesta temporada no clube e tinha contrato até novembro de 2020.

A rescisão ocorreu em comum acordo com a diretoria da equipe alagoana depois de Willian ter atuado em apenas quatro partidas desde a sua chegada, algo que o jogador naturalmente lamentou:

- Infelizmente não tive muitas oportunidades de mostrar meu potencial dentro de campo. Ao torcedor azulino, fica o meu agradecimento pelo carinho e apoio que sempre tiveram desde que cheguei. Saibam que desde que cheguei ao clube dei o meu máximo nos treinos para poder ajudar a equipe a conquistar os objetivos.

A estreia do zagueiro no clube alagoano ocorreu no dia 29 de janeiro quando foi titular contra a equipe do Jacyobá pelo estadual em jogo onde o time do Mutange venceu a partida pelo placar de 3 a 2. Willian voltou a ter uma oportunidade no dia 1° de agosto no clássico onde o plantel bateu o rival CRB por 1 a 0. Pela Série B, o atleta participou da estreia do time na competição na vitória sobre o Guarani por 1 a 0 e a última aparição dele no time foi na derrota para o Operário-PR no dia 19 de agosto.

- Apesar de tudo, saio daqui com a cabeça erguida e na torcida para que essa equipe tenha resultados positivos na temporada. Agora é seguir lutando, como sempre fiz em toda a minha carreira, para buscar novos desafios. Tenho certeza que uma nova oportunidade vai aparecer na hora certa, e quando ela surgir estarei pronto - afirmou.

Willian Rocha tem 31 anos e acumula passagens por clubes como Oeste, Tombense, Guarani, Red Bull Brasil, Criciúma, Avaí, Athletico-PR, Sport, América-MG e Paulista de Jundiaí. Fora do Brasil, também atuou pelo Grasshoppers, da Suíça, e pelo Nagoya Grampus, do Japão.

Últimas