Lance Visado por clubes de fora, Christian celebra ano de destaque no Athletico

Visado por clubes de fora, Christian celebra ano de destaque no Athletico

Meio-campista recebeu uma proposta de um time da Dinamarca, mas os paranaenses recusaram por acharem o valor abaixo do imaginado

Lance
Lance

Lance

Lance

Importante ao longo do ano mesmo sem ser titular absoluto, o meio-campista Christian, de 21 anos, foi o segundo jogador que mais entrou em campo pelo Athletico-PR na última temporada. O bom momento fez com que o Piá do Caju recebesse uma proposta ao final do ano passado, recusada pelo clube paranaense por entender que os valores eram baixos. Com seis gols marcados e duas assistências, o jovem elegeu o momento mais especial do ano.

- O gol que me emocionou bastante esse ano foi o meu primeiro contra a LDU, onde eu pude fazer um bonito lance, driblar o marcador e acertar um belo chute. Eu sofri um pênalti e Deus me abençoou com dois gols. A gente saiu muito feliz e com a classificação - disse ao site oficial relembrando a partida que marcou dois gols e sofreu o pênalti que decidiu a virada histórica da equipe nas quartas de final da Sul-Americana.

A proposta do Mydtjylland, da Dinamarca, foi na casa dos 3 milhões de euros (R$17,5 milhões na cotação atual), mas o Furacão quer algo em torno de 10 milhões de euros (R$ 64,2 milhões). Um clube francês e outro turco também sondaram o atleta. Foram 62 jogos em 2021 e o título da Sul-Americana no dia em que completou 100 jogos com a camisa do Athletico no time profissional.

Na campanha do título sul-americano, Christian esteve em campo em 11 das 13 partidas e participou de cinco dos 22 gols marcados. De acordo com o "Transfermrkt", o jogador é o segundo mais valorizado do elenco do Furacão tirando os reforços que chegaram recentemente. O valor é de 5,5 milhões de euros. Cerca de 1 milhão de euros a mais em relação a temporada de 2020. O contrato de Christian com o Athletico Paranaense vai até o fim 2024.

- No começo, a gente não imagina, mas com o nosso trabalho, com o nosso suor, Deus vai abençoando cada um do time. Poder coroar trajetórias com títulos é muito gratificante pra mim. O clube sempre me ajudou, sempre me apoiou, me trouxe pra cá desde pequeno. Me deu forças pra chegar até aqui. Espero completar muito mais jogos pelo Furacão - finalizou.

Últimas