Lance Veteranos podem ser solução para Corinthians esquecer rebaixamento

Veteranos podem ser solução para Corinthians esquecer rebaixamento

Jogadores ídolos da torcida, como Fagner e Fábio Santos, melhoraram nas últimas semanas e são esperança para clube se distanciar do Z4

Lance
  • Lance | por Lance

Líderes do elenco podem ser fundamentais no restante do Brasileirão

Líderes do elenco podem ser fundamentais no restante do Brasileirão

Montagem/Ag. Corinthians

Após o empate por 0 a 0 na 22 rodada do Brasileirão, com dois homens a menos, contra o Grêmio, o Corinthians quer aproveitar a boa atuação contra os gremistas e usá-la como modelo para o restante do Campeonato Brasileiro.

- Não tenha dúvidas de que eu vou usar esse jogo (contra o Grêmio) como um divisor de águas não só pela parte de entrega, personalidade e arrumação tática, como também de parte técnica - afirmou o técnico Vágner Mancini na coletiva pós-jogo contra a equipe de Renato Gaúcho.

Um dos responsáveis por liderar a equipe dentro de campo contra o Imortal foi Fagner. O lateral não decepcionou e fez uma de suas melhores partidas no ano, ajudando na defesa e sendo peça fundamental para as subidas do Timão, que jogou com grande desvantagem numérica.

O lateral teve a melhor chance do jogo no segundo tempo, contudo, Vanderlei fez uma defesa espetacular que evitou o vexame dos gaúchos.

Pela entrega e dedicação em campo, ele foi muito elogiado pela torcida. No entanto, há poucos meses atrás, vinha recebendo críticas de parte da torcida e familiares dele receberam ameaças.

- Nós sabemos que hoje em dia, com as redes sociais, as opiniões mudam da noite para o dia, as coisas são muito rápidas e dinâmicas. Mas eu procuro me prender a minha família. Eu sou um cara que sempre me cobrei muito, independente da situação ou momento. Nós somos seres humanos, sabemos que infelizmente vai ter jogo que não vai dar certo, e nesses momentos a minha família sempre esteve do meu lado, assim como nos bons momentos - disse o corintiano.

- Hoje, com maturidade, eu procuro me isentar das coisas boas e ruins e manter o equilíbrio. Então é manter o equilíbrio e seguir trabalhando, porque eu sei que se quarta-feira não fizermos um bom jogo de novo, a cobrança já volta - completou o jogador.

Outro atleta do clube que recentemente sofreu críticas por parte da torcida é o goleiro Cássio. O ídolo do clube vinha recebendo a culpa nas derrotas (o ápice dos comentários negativos veio na goleada sofrida contra o Flamengo), mas agora, parece ter retomado a confiança e vem fazendo partidas seguras no gol.

Além deles, Fábio Santos, outro atleta identificado com o clube, está dando conta do recado. Pouco utilizado por Jorge Sampaoli no Atlético-MG, o lateral-esquerdo regressou ao Timão em outubro e, em quatro partidas disputadas, melhorou o setor defensivo e contribuiu com um gol, no empate por 1 a 1 contra o Atlético-GO.

Ainda, é possível colocar Jô nessa equação. O atacante retornou aos treinamento do Corinthians na última segunda-feira (23) e pode ser uma opção entre os titulares. No entanto, ao contrário dos demais companheiros citados previamente, ele não vive boa fase.

O camisa 77 não marca um gol pelo Corinthians desde o dia 05 de setembro, contra o Botafogo, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, Jô construiu sua fama no Timão ao marcar gols importantes para o clube. Pelo momento atual e a incerteza no ataque, é possível que ele ganhe a vaga contra o Coritiba.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Aos 10 anos, filho de Fagner tem 1º contrato assinado com Corinthians

Últimas