Vadão treinou Corinthians e conquistou título no São Paulo

Treinador morreu nesta segunda aos 64 anos vítima de câncer; no início dos anos 2000 passou pelos dois clubes paulistas e conquistou um torneio Rio-São Paulo

Lance

Lance

Lance

Nesta segunda-feira, todos foram surpreendidos negativamente com a notícia da morte do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, como era popularmente conhecido, em decorrência de um câncer de fígado. No início dos anos 2000 ele esteve à frente de dois grandes clubes da capital paulista: o Corinthians e o São Paulo.

Vadão esteve à frente do Corinthians durante parte da temporada do ano de 2000. Lá, acabou não conquistando nenhum título. O clube divulgou uma nota de pesar em seu site oficial nesta tarde:

- O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, que comandou o Alvinegro durante parte da temporada de 2000. Desejamos muita força aos familiares e amigos do treinador, neste momento de luto e dor.

Um ano depois, Vadão foi para o São Paulo, onde conquistou o título do Torneio Rio-São Paulo de 2001. Naquela época, o treinador esteve à frente de uma equipe que contava com diversos jovens, entre eles a revelação Kaká, que, anos mais tarde, seria eleito o Melhor Jogador do Mundo pela Fifa. O clube também prestou condolências em suas redes sociais:

- O São Paulo Futebol Clube lamenta, com imenso pesar, a morte de Oswaldo Alvarez, o Vadão. Campeão por nossa instituição e com enormes serviços prestados, será eternamente lembrado pelo caráter, pela competência e pelo profissionalismo.

Seu último trabalho foi na Seleção Brasileira feminina, cargo que deixou no meio de 2019, após a disputa da Copa do Mundo da França. Em duas passagens, ele conquistou duas Copas Américas (2014 e 2018), a medalha de ouro no Pan de 2015 e o quarto lugar na Olimpíada de 2016.