Lance Umberto Louzer se despede da Chapecoense, enaltece legado e afirma: 'Gratidão eterna'

Umberto Louzer se despede da Chapecoense, enaltece legado e afirma: 'Gratidão eterna'

Treinador rescindiu seu contrato com o clube nesta quarta-feira

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta terça-feira, o técnico Umberto Louzer rescindiu seu contrato com a Chapecoense e não comanda mais a equipe. Desde fevereiro de 2020 em Chapecó, Louzer se reuniu com a diretoria da equipe catarinense e selou o fim de seu ciclo no comando da equipe.

> Veja os jogos do Campeonato Brasileiro

Ao todo, Umberto Louzer comandou a Chapecoense em 56 partidas, com 31 vitórias, 18 empates e apenas sete derrotas, com um aproveitamento de 66,07%. Louzer assumiu a equipe Catarinense na vice-lanterna da competição estadual em 2020 e levou o time ao título.

Além do estadual, Louzer comandou a campanha que culminou no título do Campeonato Brasileiro da Série B. O comandante também conquistou algumas marcas importantes pela equipe, igualou a marca de Agenor Piccinin de 19 jogos sem derrotas, ficou 17 partidas sem tomar gols e oportunizou mais de 20 atletas das categorias de base.

Através de suas redes sociais o treinador agradeceu a Chapecoense, enalteceu o legado e reafirmou a necessidade de "buscar novos desafios na carreira". Confira a íntegra:


NOTA DE AGRADECIMENTO - UMBERTO LOUZER

- Nossas vidas são feitas de ciclos e hoje anuncio o fim do meu ciclo pela Chapecoense. Um clube que aprendi a gostar, passei a admirar e com certeza vou torcer para que sempre continue no caminho das vitórias e da evolução. Vivi muitos momentos, errei, acertei, mas acima de tudo, aprendi. Tenho certeza que saio um profissional muito mais completo do que quando cheguei por aqui.

Fui muito bem recebido em Chapecó e, sempre que tenho oportunidade, falo o quão diferente é Chapecó e a Chapecoense. Deixo meu agradecimento por todo carinho, pela recepção e pelo respeito que sempre recebi. Meu maior objetivo sempre foi entregar o meu melhor para a Chapecoense e, fico feliz que ao final deste ciclo, de alguma forma, pudemos contribuir e deixar um legado. Com os títulos, as conquistas, ou com a revelações de atletas, as amizades feitas, o respeito de todos com quem trabalhamos, desde os funcionários até o presidente.

Agradeço aos torcedores que, mesmo com a pandemia, se fizeram presente de alguma forma e sempre nos incentivaram. Sou um cara movido a desafios, que busco sempre estar crescendo pessoal e profissionalmente. No mais, gostaria de agradecer à todos: diretoria, atletas, comissão técnica, staff, torcedores e imprensa. Fui muito feliz por aqui e, tenho certeza, que conseguimos transmitir esse sentimento à todos vocês. Até logo!.

Últimas