Lance Tsitsipas lamenta derrota na final: 'Fiquei a dois centímetros'

Tsitsipas lamenta derrota na final: 'Fiquei a dois centímetros'

Grego destacou o ódio de Nadal pela derrota

Lance
Lance

Lance

Lance

O tenista grego Stefanos Tsitsipas, número cinco do mundo, lamentou a derrota na final do ATP 500 de Barcelona, na Espanha, evento no saibro com premiação de 1,5 milhão de euros. Ele teve um match-point onde cometeu erro em ponto onde o espanhol jogou bola que bateu na fita e passou.

"Aprendi que a partida nunca termina até o último ponto. Essa é a lição que tirei hoje. Sempre é preciso fazer algo extra ainda mais contra o Rafa. Tive uma oportunidade de ganhar a partida e creio que poderia ter feito melhor. Diante do Rafa, você nunca tem a certeza de que uma troca de bola irá terminar, sempre é preciso colocar uma bola a mais em jogo. É preciso estar concentrado a todo momento e seguir jogando até que o ponto termine por completo. Nadal odeia perder, Nadal odeia perder mais que nenhum outro tenista. Ele é um competidor nato, mais do que qualquer jogador", disse o grego que perdeu por 6/4 6/7 (8/6) 7/5 após 3h38min de batalha.

"Hoje saí de quadra buscando a vitória e estive perto. Tive minhas oportunidades, mas estou contente por ter ficado tão perto. Realmente estive a dois centímetros de ganhar o jogo.Creio que a sorte também entrou na partida".

Tsitsipas seguiu comentando sobre sua atuação: "Fui capaz de ter paciencia e estar concentrado durante toda a partida. Também creio que seu segundo saque y estar concentrado durante todo el partido. También creo que su segundo saque não é dos mais agressivos e por ali tive minhas chances. É muito duro passar por esses momentos da derrota. Tratar de ser forte mentalmente é muito importante".

O quinto do mundo reverenciou Nadal: "Rafa é uma grande fonte de inspiração para mim. Não vi ninguém lutar como ele faz em quadra. Me obrigou a jogar no limite de minha possibilidades e isso provoca que melhore como jogador. Definitivamente essa partida me ajudou no meu crescimento".

Últimas