Lance Tocantinópolis venceu Náutico e avança na Copa do Brasil

Tocantinópolis venceu Náutico e avança na Copa do Brasil

Com triunfo, equipe de Tocantins irá encarar o Cascavel-PR na segunda fase

Lance
Lance

Lance

Lance

O Tocantinópolis venceu, por 1 a 0, o Náutico, nesta terça-feira (23). As duas equipes se encontraram no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil 2022. Com o triunfo, a equipe de Tocatins avança para a segunda fase, onde encara o Cascavel-PR, que venceu a Ponte Preta.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

A FAMOSA LEI DO EX!

O jogo começou bastante movimentado. Apesar de jogar fora de casa, o Náutico dominou as jogadas. No entanto, a defesa do Tocantinópolis se mostrou muito atenta e afastou os perigos dos adversários. Não ficou apenas nisso e aproveitou das bolas paradas para sair à frente do placar. Aos 17, Raí não desperdiçou a lei do ex e marcou. O atleta cobrou com perfeição uma falta. A bola desviou na barreira e morreu no fundo do gol.

Como resposta, o Timbu tentou se recuperar e colocou força total ainda na primeira etapa. Aos 30, a equipe apareceu com Carpina, que deu boa assistência para Robinho. No entanto, Jefferson conseguiu evitar o empate. Logo depois, foi a vez do próprio Carpina parar na defesa do goleiro. No final do tempo, Ewandro aproveitou sobra e bateu direto para o gol, Jefferson defendeu. Como resposta, aos 45, os anfitriões apareceram com Raí, que acionou Chico Bala. Jheimy recebeu o cruzamento e quase fez o segundo.

JOGO TRUNCADO E CHANCES DESPERDIÇADAS...

A partida iniciou com bastante movimentação. O Náutico, precisando apenas do empate para se classificar, foi para o tudo ou nada. No entanto, o Tocantinópolis não deixou levar e quase marcou. Aos 3, Bilau se livrou da marcação e bateu no gol. Lucas Perri evitou. Depois disso, o duelo ficou bastante truncado, com poucas chances de ataques sendo criados por ambas as equipes.

Em uma das boas chances que o time da casa teve, Bagagem mandou para Bilau, que arriscou e quase marcou. O Náutico, por outro lado, sofreu muito com a saída de bola e não chegava com perigo à meta adversária. No final do segundo tempo, Bilau cruzou para Jheumy, que acabou escorregando e perdeu uma chance de dar números finais ao placar. Aos 40, Camutanga acabou levando vermelho, após atingir Bilau.

FICHA TÉCNICA
TOCANTINÓPOLIS X NÁUTICO

Local: Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis (TO)
Data: 23/02/2022 - 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias e Hélcio Araújo Neves
Cartões amarelos: Marcinho e Jean Carlos (Tocantinópolis); Richard Franco e Camutanga (Náutico)
Cartões vermelhos: Camutanga (Náutico)

GOLS: Raí (17'/1ºT) (1-0)

TOCANTINOPÓLIS (Técnico: Jairo Nascimento)

Jefferson; Marcinho, Betão, Wanderson e Chico Bala; Pedro Dias, Tiago Bagagem (Bideli, aos 31'/2ºT), Raí (Azul, aos 35'/2ºT) e Alan Maia; Jheimy e Bilau (Dedé, aos 44'/2ºT).

NÁUTICO (Técnico: Felipe Conceição)

Lucas Perri; Hereda, Carlão, Camutanga e Júnior Tavares (Luan, aos 0'/2ºT); Richard Franco, Rhaldney (Leandro Carvalho, aos 30'/2ºT), Juninho Carpina, Jean Carlos e Ewandro (Pedro Vitor, aos 0'/2ºT); Robinho.

Últimas