Técnico do Internacional detalha jogadores que foram pedidos a diretoria

Em entrevista dada a Gaúcha ZH, Eduardo Coudet chegou a 'brincar' sobre situação envolvendo o nome do meia Oscar, atualmente no futebol da China

Lance

Lance

Lance

Enquanto alguns treinadores preferem não comentar sobre possíveis contratações para reforçar o plantel, estejam elas em curso de tentativas ou mesmo acabem sendo frustradas, o técnico Eduardo Coudet não se furtou de comentar sobre o tema em entrevista a Gaúcha ZH.

O único nome citado pelo técnico na entrevista que acabou tendo a sua aquisição concretizada foi a do lateral-direito argentino Renzo Saravia. Chegada essa, aliás, que não contava com a crença do comandante Colorado mediante a dificuldade prevista para a transação com direito a mencionar um dos nomes tentados:

- Não pensei que seria possível porque o Porto pagou 5 milhões de euros para contratá-lo do Racing. Ultimamente ainda tentamos o Yony González e o Corinthians levou.

Outras contratações mencionadas por Coudet tentadas sem sucesso pela diretoria do Inter foram dos meio-campistas Franco Cervi e Charles Aránguiz além do atacante Taison. Chegando, inclusive, a brincar com a situação envolvendo o meio-campista brasileiro Oscar:

- Se me dizem que podem trazer o Oscar, vou nadando daqui até a China para
buscá-lo. Eu me adapto à situação que há.

- Tomara que possa acontecer porque é um jogador que conhece o clube, era um dos homens que falamos (sobre Aránguiz). Conversei com o Pol Fernández, que jogou comigo no Racing, mas estava fechado com o Boca Juniors. Estamos buscando encontrar esse jogador. Foram muitos nomes discutidos. Tentamos com o Taison, que é um jogador que ninguém vai discutir. Eu gosto da possibilidade de contratar jogadores que tenham vestido a camisa do clube, como Aránguiz e Taison - agregou o treinador.