Lance Técnico de Portugal nega influência negativa da entrevista de Cristiano Ronaldo antes da Copa

Técnico de Portugal nega influência negativa da entrevista de Cristiano Ronaldo antes da Copa

Fernando Santos saiu em defesa de CR7 e disse não haver pressão para escalá-lo no time titular

Lance
Lance

Lance

Lance

A polêmica entrevista de Cristiano Ronaldo ao programa "Piers Morgan Uncensored" segue dando o que falar, mas segundo Fernando Santos, técnico de Portugal, as declarações de CR7 não influenciam o ambiente da seleção às vésperas da Copa do Mundo.

+ Os jogadores que estão no álbum, mas não vão para Copa do Mundo do Qatar

- Essa questão não tem haver conosco e com a seleção nacional, zero. O jogador, o homem decidiu dar uma entrevista como muitos outros atletas dão. São coisas pessoais dele, e que não transbordam para a seleção. Ele não falou sobre a seleção nacional. Nós temos que respeitar. Aqui, não vi ninguém comentar sobre o assunto - disse o técnico durante entrevista coletiva.

Fernando Santos saiu em defesa do craque português e disse que as pessoas precisam respeitar a decisão do jogador de 37 anos em conceder a entrevista antes do Mundial no Qatar.

- As repercussões estão lá fora, o que isso afeta a seleção? O que me interessa é o que se fala aqui dentro. Nós só falamos sobre a Copa do Mundo, não falamos no resto. Não nos afeta em nada, foi uma decisão dele e temos que compreender e respeitá-la - ponderou.

+ Veja tabela e simule os jogos da Copa do Mundo

O técnico de 68 anos foi firme e negou uma suposta pressão para escalar Cristiano Ronaldo entre os titulares pelos feitos do atleta na seleção e o mau momento no qual o atacante atravessa no Manchester United.

- Ninguém é obrigado a nada. Todos os jogadores que estão aqui, incluindo o Cristiano Ronaldo, têm condições de serem titulares. Não há obrigações para jogadores A, B, C ou D jogar de início ou depois, isso não existe - afirmou.

Antes de embarcar ao Qatar, Portugal irá realizar um amistoso contra a Nigéria nesta quinta-feira (17), às 15h45 (horário de Brasília), no estádio José Alvalade.

Últimas