Lance Técnico de Portugal critica agressividade do Uruguai, nega revanchismo e valoriza vitória

Técnico de Portugal critica agressividade do Uruguai, nega revanchismo e valoriza vitória

Fernando Santos evitou relembrar a eliminação de Portugal para a Celeste na Copa do Mundo de 2018

Lance
Lance

Lance

Lance

O Uruguai eliminou Portugal nas oitavas de final em 2018, e os portugueses "deram o troco" no Qatar, ao vencer a Celeste por 2 a 0 na fase de grupos. Apesar do triunfo, o técnico Fernando Santos negou qualquer clima de revanche após a classificação às oitavas de final do torneio.

+ Bruno Fernandes brilha na vitória que classifica Portugal às oitavas; veja notas

- Não tenho esses tipos de sentimentos, são situações diferentes. Neste jogo qualquer um poderia vencer, e caiu para o nosso lado, fomos mais fortes, com mérito. É importante porque garantiu a classificação à próxima fase - destacou durante coletiva de imprensa.

Desde o início, a Celeste impôs uma marcação forte e cometeu 15 faltas na partida, recebendo dois cartões amarelos. Para Fernando Santos, os uruguaios não precisavam de tanta agressividade no começo do jogo.

+ Veja tabela e simule os jogos da Copa do Mundo no Qatar

- Eles entraram muito agressivos no começo, tentando nos assustar, e penso que não havia necessidade de terem feito isso nos primeiros minutos - ponderou.

Na visão do treinador português, sua equipe foi dominante na maior parte do tempo e mereceu sair com os três pontos.

- Acho que foi uma vitória merecida. A equipe cumpriu na totalidade o que dissemos. Um ou outro período pior, mas a primeira fase já passou, estamos classificados. Temos de continuar a trabalhar para ver o que é possível melhorar - disse o técnico de 68 anos.

Já classificado, Portugal ainda tem um jogo na fase de grupos, contra a Coreia do Sul, e Fernando Santos quer avaliar a situação física dos jogadores para saber se vai continuar usando força máxima, ou descansará alguns titulares.

- Vamos ver o estado físico, ver como recuperam. Mas temos todos os jogos para ganhar, temos enorme respeito por todos e não temos por princípio facilitar. Tenho confiança em todos os jogadores - concluiu.

Últimas