Lance Técnico da Croácia admite cansaço e joga favoritismo para a Argentina: 'Pressão grande para eles'

Técnico da Croácia admite cansaço e joga favoritismo para a Argentina: 'Pressão grande para eles'

Zlatko Dalic afirmou que em caso de vitória na semifinal da Copa do Mundo, este será o maior triunfo na história da Croácia

Lance
Lance

Lance

Lance

A Croácia precisou de duas disputas nos pênaltis para chegar à semifinal da Copa do Mundo no Qatar, e o técnico Zlatko Dalic reconheceu o cansaço físico e mental da equipe, mas reiterou foco total para superar a Argentina e chegar a mais uma final de Mundial.

+ Artilheiros da Copa do Mundo 2022: veja lista de jogadores que marcaram

- Tem sido cansativo chegar à prorrogação em duas partidas, estamos esgotados, mas estamos na semifinal da Copa e seguimos fortes com força, energia e entusiasmados, assim que estamos. Vamos dar tudo como temos feito em todas partidas anteriores. Temos conseguido nos recuperar depois das partidas e contra a Argentina será o mesmo. Não termos problemas de lesões no time titular, todos estão em forma, descansando, e não tem cansaço - iniciou o treinador na coletiva.

Para chegar até a semifinal, a Croácia despachou o Brasil nos pênaltis, mas a classificação sobre os brasileiros ainda fica atrás do triunfo na semifinal da última Copa, sobre a Inglaterra. Em busca da segunda final de Mundial consecutiva, Dalic acredita que uma vitória sobre a Argentina será o maior feito futebolístico do país.

- Se conseguirmos a vitória amanhã, seria a maior partida de todos os tempos para a Croácia - afirmou o técnico.

+ Veja tabela e simule o mata-mata da Copa do Mundo

MESSI E REENCONTRO COM A ARGENTINA

As duas seleções se enfrentaram na fase de grupos da Copa disputada na Rússia, e os croatas venceram os argentinos por 3 a 0. Por se tratar de uma fase diferente da competição, além da mudança em ambas seleções, Dalic, que já comandava a Croácia em 2018, não acreditava que a partida de quatro anos atrás seja parâmetro para esta semifinal.

- É uma partida bastante diferente. Em 2018, naquele momento, foi uma partida da fase de grupos, não tão defensiva. Naquela partida, se não tivéssemos marcado não seríamos eliminados. 2018 não tem nada a ver com amanhã. Será uma grande partida para Argentina e Croácia. A final está em jogo. Vamos fazer todo o possível, espero um jogo justo para ambas as partes - ponderou.

O treinador croata foi perguntado sobre Messi e destacou o papel de líder exercido pelo camisa 10 argentino.

- Agora enfrentaremos a Argentina, um timaço liderado por Lionel Messi. Temos analisado a partida da Holanda contra a Argentina e nos damos conta do que é capaz de fazer a Argentina. Messi está em muito boa forma de novo. É um jogador muito efetivo, o time joga de maneira compacta, uma seleção extraordinária e equilibrada. Tem suas próprias armas e sabemos que querem dar tudo amanhã - analisou.

Dalic abraçou o status de 'azarão' e jogou o favoritismo do confronto para os argentinos, afirmando que os croatas precisam desfrutar da ocasião.

- Amanhã estaremos compactos, fortes, e como disse antes, para ambas as seleções será uma partida crucial. Para a Argentina sei que é uma pressão grande, tem um grande número aqui de torcedores. Vamos jogar a semifinal amanhã contra uma das grandes equipes do mundo e vamos desfrutar disso.

Sobre o maior número de torcedores argentinos nas arquibancadas, o técnico apontou semelhanças na paixão dos povos em torcer e apoiar os países na Copa.

- As duas seleções têm muita emoção. É fascinante como a torcida argentina torce. Nós também somos assim. Somos muito menos, mas nossa paixão pelo futebol é igual. Sempre digo aos jogadores que gostem do futebol, porque não há sucesso se você não gosta do seu trabalho. Todos trabalhamos com muita alegria e volto a lhes dizer para que se divirtam. Chegamos entre os quatro primeiros, talvez não esperássemos isso. O mundo inteiro vai assistir o jogo da Croácia - concluiu.

Croácia e Argentina se enfrentam às 16h (de Brasília) nesta terça-feira (13), no estádio Lusail. O vencedor irá enfrentar França ou Marrocos na grande final.

Últimas