Lance Técnico da Austrália se diz orgulhoso apesar da eliminação e enaltece Messi: 'Um dos maiores da história'

Técnico da Austrália se diz orgulhoso apesar da eliminação e enaltece Messi: 'Um dos maiores da história'

Graham Arnold ressaltou que o país precisa de investimento para se unir e desenvolver o futebol para as próximas gerações e disse ser grato pelo esforço de seus jogadores

Lance
Lance

Lance

Lance

Apesar da eliminação da Austrália, o técnico Graham Arnold disse estar orgulhoso de sua seleção, que fez uma boa campanha, mas sucumbiu diante da Argentina pelas oitavas de finais da Copa do Mundo. Sob a batuta do comandante, os Socceroos voltaram ao mata-mata do Mundial após 16 anos.

- Eu disse aos jogadores que não poderia estar mais orgulhosos deles, por tudo que eles deram por mim e pela nação australiana. Foi uma jornada de quatro anos e meio difícil para todos. Claro que ficamos um pouco desapontados. Mas tenho certeza que todos estão muito muito orgulhosos dos jogadores. Eu sou muito grato por esse trabalho fantástico, pelo o esforço deles. É o que eu digo: é sobre deixar a nação orgulhosa, e eles mostraram isso. Só espero que todos na Austrália realmente respeitem o que fizemos e também tenham muito orgulho de nós. Nós levamos para eles. Achei que terminamos bem e tivemos uma grande chance de empatar lá no final, mas, sabe, devo estar muito, muito orgulhoso dos meninos.

Ao longo da disputa da Copa do Mundo, a Austrália surpreendeu o mundo ao ficar em segundo no grupo D, que também tinha França, Tunísia e Dinamarca. Mesmo sendo goleado pelos franceses, superaram os outros dois adversários - disse.

No duelo deste sábado, o sistema defensivo funcionou em boa parte do primeiro tempo, mas Lionel Messi conseguiu abrir o placar em um lance de genialidade. Na etapa final, o arqueiro Mat Ryan vacilou e soltou a bola no pé de Julián Álvarez. Na reta final, conseguiu descontar com e, por pouco, não empatou. Emiliano Martínez salvou a Argentina com uma grande defesa e garantiu a classificação.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

- Olha, eu tenho que estar muito orgulhoso dos jogadores. Jogamos contra o número três do mundo (pelo ranking da Fifa), e o primeiro gol de Messi foi um gol de pura qualidade. Mas, novamente, você sabe, o erro nos custou. Foi o que falei para os meninos depois que eles se recuperaram, que eu estava muito orgulhoso do quanto eles sacrificaram e se esforçaram pra chegar até aqui - frisou.

- Temos muito o que crescer como futebol na Austrália. É um esporte que une o país. Precisamos gastar dinheiro e receber ajuda do governo para desenvolver nossos talentos. Precisamos que o governo ajude a fazer o futebol prosperar no nosso país - completou.

Por fim, ao ser perguntado sobre Lionel Messi, o comandante australiano não poupou elogios ao craque, que tem feito uma grande Copa.

- Ele é incrível. Um dos maiores da história. A Argentina é muito feliz por ter Maradona e Messi em sua história - finalizou.

Últimas