Lance Surfe: WSL cancela Circuito Mundial de 2020 e anuncia novos formatos

Surfe: WSL cancela Circuito Mundial de 2020 e anuncia novos formatos

Por conta da pandemia, Liga Mundial de Surfe cancelou a atual temporada e lançou o circuito de 2021, com início em dezembro deste ano, 11 etapas e uma 'final' em dia único 

Lance
Lance

Lance

Lance

Visando a saúde e segurança dos atletas, fãs, funcionários e das comunidades locais, e considerando os desafios para as viagens internacionais no momento, a Liga Mundial de Surfe (WSL) anunciou nesta sexta (17) o cancelamento oficial da temporada 2020 do Championship Tour (CT) - Primeira Divisão - e do Qualifying Series (QS) - Divisão de Acesso.

- Após muita consideração e extensas discussões com nossos colaboradores, tomamos a decisão de cancelar as temporadas do Championship Tour e do Qualifying Series deste ano devido à pandemia - disse o CEO da World Surf League, Erik Logan, em vídeo divulgado nos canais da WSL.

- Acreditamos que o surfe é um dos esportes que precisam de muita segurança para ser realizado nesta época de Covid. Temos enorme respeito pelas pessoas na nossa comunidade, enquanto o mundo trabalha para solucionar tudo isso.

Além do cancelamento, a WSL anunciou outras novidades. A temporada de 2021, por exemplo, começará ainda este ano no Havaí, no mês de novembro para as mulheres na ilha de Maui e em dezembro para os homens na ilha de Oahu. Mas isso depende da aprovação do Estado do Havaí e das entidades governamentais locais, bem como da situação das restrições de viagens internacionais. Pelo calendário divulgado hoje serão 11 etapas e os títulos mundiais de 2021 (masculino e feminino) serão decididos em um formato novo e especial, o 'The WSL Finals', um evento especial que será realizado em um único dia no mês de setembro de 2021, para fechar a temporada.

A nova temporada funcionará assim: após a realização de dez eventos do circuito, as cinco mulheres e os cinco homens mais bem ranqueados lutarão por seus respectivos títulos em um novo formato de “surf-off” (sistema mata-mata) em uma das melhores ondas do mundo (local ainda não definido).

O circuito de 2021 também terá, pela primeira vez na história, o mesmo número de etapas tanto no masculino como no feminino. Assim, as mulheres irão se juntar aos homens para competirem novamente nas temidas ondas de Teahupo, no Taiti, o que não acontece para elas desde 2006.

Além do novo formato do Championship Tour (Primeira Divisão), o calendário será atualizado para criar temporadas distintas entre o CT e o Challenger Series (CS). A partir de 2021, o CS será disputado entre agosto e dezembro. Já o Qualifying Series (QS) vai de janeiro até o final de junho de 2021, determinando os classificados para competir no Challenger Series. Os pontos das etapas do QS disputadas em 2020 serão computados no QS de 2021.

- Trabalhamos extensivamente em colaboração com a equipe de Tours e Competition da WSL nessas novas mudanças e estamos muito empolgados com as novas atualizações desse formato - disse a brasileira Tatiana Weston-Webb, representante das atletas da WSL.

- Eu mal posso esperar para colocar a lycra e competir novamente - disse Filipe Toledo, vencedor do Oi Rio Pro em Saquarema em 2018 e 2019.

Na temporada de 2021, a etapa brasileira será entre 20 e 29 de maio, em Saquarema, no Rio de Janeiro, sendo a sexta parada do novo circuito.

- Estou animado com as mudanças no formato, com a WSL Finals e ansioso para ver como essas mudanças poderão criar uma nova dinâmica no circuito mundial - finalizou Toledo.

Devido às mudanças, o CT não terá mais o evento da França. Porém, a WSL, em parceria com a Quiksilver e a ROXY, está comprometida com a região e tem esperanças de fazer um evento do Challenger Series em Hossegor em 2021.


Temporada do campeonato mundial de surfe de 2021* (*todos os eventos estão sujeitos a alterações conforme as atualizações do Covid-19)

Shiseido Maui Pro presented by Roxy: Maui, Havaí: 25 de novembro a 6 de dezembro de 2020

Billabong Pipeline Masters: Oahu, Havaí: 8 a 20 de dezembro de 2020

MEO Pro Portugal: Peniche, Portugal: 18 a 28 de fevereiro de 2021

Corona Open Gold Coast presented by Billabong: Queensland, Austrália: 18 a 28 de março de 2021

Rip Curl Pro Bells Beach: Victoria, Austrália: 1 a 11 de abril de 2021

Margaret River Pro: West Australia, Austrália: 16 a 26 de abril de 2021

Oi Rio Pro presented by Corona: Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil: 20 a 29 de maio de 2021

Surf Ranch Pro: Califórnia, EUA: 10 a 13 de junho de 2021

Quiksilver Pro G-Land: Indonésia: 20 a 29 de junho de 2021

Corona Open J-Bay: África do Sul: 7 a 19 de julho de 2021

Outerknown Tahiti Pro: Teahupo'o, Tahiti: 26 de agosto a 6 de setembro de 2021

The WSL Finals: local a ser definido: 8 a 16 de setembro de 2021


NOVO CORTE NO MEIO DA TEMPORADA DE 2022

Além dessas mudanças para 2021, um corte no meio da temporada será introduzido para o Championship Tour em 2022, para reduzir o número de competidores para a segunda metade do circuito, de 36 para 24 surfistas na categoria masculina e de 18 para 12 na feminina. Os eventos poderão ser realizados nas melhores épocas de swell em lugares como G-Land e J-Bay, visando assegurar que as estrelas do esporte possam se enfrentar com mais frequência. Devido aos desafios do Covid-19 e do ano de transição em 2021, o corte não será implementado até a temporada de 2022, o que significa que todos os qualificados para o CT de 2020 surfarão uma temporada completa quando o Tour retornar no final deste ano.


WSL COUNTDOWN - EVENTOS DE EXIBIÇÃO

Buscando levar o surfe competitivo para os fãs do esporte durante o atual período de restrições para viagens internacionais, a WSL realizará uma série de eventos regionais de exibição com surfistas do CT, chamados WSL Countdown, nos EUA, Austrália, Portugal e França.

Nos EUA, o Surf Ranch, na Califórnia, sediará o Rumble at the Ranch, um evento especial de equipes mistas no mês de agosto. Na Austrália, o Australian Grand Slam apresentará eventos no formato “strike mission” na Gold Coast e, em Margaret River, nos meses de setembro e outubro. Na França e em Portugal, acontecerá a Euro Surf Cup com estrelas regionais do CT no final de setembro e início de outubro.

A WSL desenvolveu protocolos de saúde e segurança para esses eventos locais, em colaboração com organizações de saúde pública, autoridades locais, utilizando diretrizes estabelecidas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, Organização Mundial da Saúde e pelas melhores práticas emergentes estabelecidas por outras ligas e eventos esportivos ao vivo somente para transmissão, sem presença de público.

Esses eventos de exibição de pré-temporada também utilizarão uma variedade de formatos e serão disputados por alguns dos melhores surfistas do mundo. Todos os eventos serão transmitidos ao vivo pelo WorldSurfLeague.com

Últimas