Lance Sem triunfo! Ceará e Arsenal de Sarandí ficam no zero

Sem triunfo! Ceará e Arsenal de Sarandí ficam no zero

Vozão foi até a Argentina e conseguiu voltar para casa com um bom resultado na Sul-Americana

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de um bom início da Copa Sul-Americana, o Ceará não conseguiu a sua segunda vitória. Diante do Arsenal de Sarandí, a equipe foi atrás dos três pontos. Jogando no Estádio Júlio Humberto Grondona, em Avellaneda, sofreu com a pressão dos argentinos. Assim, em um jogo muito equilibrado, as equipes acabaram ficando no 0 a 0.

Com o resultado, o Ceará fica com a liderança, com quatro pontos somados. O Vozão entra em campo no próximo sábado, 1, contra o Bahia. O jogo é pela ida da final da Copa do Nordeste. Enquanto isso, o Arsenal de Sarandí, na sexta-feira, 30, encara o Colón, pelo Campeonato Argentino. O time aparece na terceira colocação.

CONFRONTO DE EQUILÍBRIO
O confronto foi bastante equilibrado, com o Arsenal de Sarandí tendo mais posse de bola. A primeira jogada de perigo saiu dos argentinos. No primeiro minuto, Candía invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro Richard defendeu. A resposta do Ceará veio aos 9, em jogada de Vizeu. Em jogada pela esquerda, o centroavante arriscou de fora. O goleiro Medina defendeu sem dificuldades.

PRESSIONADOS!
Os mandantes continuaram com mais posse de bola e buscavam a todo instante o primeiro gol. Enquanto isso, os cearenses ficaram na busca do contra-ataque. Aos 23, tiveram uma das melhores chances. Vina acionou Mendoza, que invadiu a área, buscando a finalização. A bola bateu na mão do camisa 10, e a arbitragem anulou o lance.

PERIGO DO VOZÃO
Aos 37, o Ceará teve uma de suas melhores chances para abrir o marcador. Mendoza bateu direto para o gol, mas o goleiro colocou para linha de fundo. Logo depois, Gabriel Dias mandou uma bomba de fora da área, e Medina defendeu. A bola quase enganou o goleiro, mas nada foi marcado.

SUSTO PARA ENCERRAR
Antes da primeira etapa encerrar, o Arsenal de Sarandí assustou aos 46. Depois de cruzamento na área, o volante Méndez subiu mais que todo mundo. Assim, o jogador cabeceou com perigo. A bola passou com perigo.

EM BUSCA DO GOL
O Ceará já voltou querendo abrir o placar. Logo no início, Lima recebeu de Gabriel Dias, chutando cruzado e rasteiro. A bola passou perto do gol e foi para escanteio. Na sequência, as equipes ficaram equilibradas. Sendo assim, pouco foi criado. Os brasileiros voltaram a aparecer aos 18. Na jogada, em boa troca de passes, Lima dominou na entrada da área e chutou colocado, buscando o ângulo. A bola foi por cima do gol.

NADA DE ENTRAR!
O Ceará continuou anulando os adversários e seguiu assustando. Aos 32’, Mendoza recebeu ótimo passe de Vina, invadindo a área em velocidade. Assim, venceu a marcação de Medina. O jogador chutou com o pé direito, que não é o seu melhor. Portanto, não deu tanto perigo ao goleiro argentino, que fez boa defesa.

Para encerrar, foi a vez de Saulo Mineiro assustar. Em contra-ataque dos brasileiros, Vina deu ótimo passe para o atacante. O jogador chutou colocado e no cantinho. Contudo, Medina se esticou todo e conseguiu evitar o gol do Ceará.

FICHA TÉCNICA

ARSENAL DE SARANDÍ 0 X 0 CEARÁ
Estádio: Júlio Humberto Grondona, em Avellaneda
Data: 27 de abril de 2021, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: José Méndez
Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Benítez
Cartões amarelos: Méndez, Albertengo e Soraire (Arsenal de Sarandí); Bruno Pacheco, Gabriel Dias, Jael e Charles (Ceará)
Cartões vermelhos:

ARSENAL DE SARANDÍ (Sergio Rondina)
Medina; Benavidez, Carabajal, Suso e Suárez (Papa); Méndez (Farioli), Soraire, Picco (Andrada) e Castro (Miracco); Candía e Albertengo (Ruíz).

CEARÁ (Guto Ferreira)
Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Kelvyn); William Oliveira, Charles, Lima (Saulo), Vina e Mendoza (Yony González); Felipe Vizeu (Jael)

Últimas