Lance Seleção Brasileira pretende fazer cinco amistosos antes da Copa; rivais da Europa são empecilho

Seleção Brasileira pretende fazer cinco amistosos antes da Copa; rivais da Europa são empecilho

Partidas serão realizadas em junho e setembro de 2022. Porém, Juninho Paulista reconhece dificuldades para encontrar datas ideais

Lance
Lance

Lance

Lance

A poucas rodadas da Seleção Brasileira definir sua classificação para o Mundial de 2022 e já com o local definido para a última partida como mandante nas Eliminatórias, a comissão técnica já projeta a reta final da preparação. Durante entrevista coletiva na última sexta-feira (29), o coordenador Juninho Paulista indicou como tende a ser o calendário canarinho no próximo ano.

De acordo com Juninho, a expectativa é de que haja cinco amistosos preparatórios. Três deles seriam em junho e outros dois em setembro. Há possibilidade de saltar para seis de acordo com a data de estreia brasileira na Copa (o sorteio de grupos acontece em primeiro de abril).

Porém, há um empecilho: a dificuldade para encarar adversários europeus. Tite adiantou quais rivais da Europa gostaria de encarar (veja aqui).

O coordenador da Seleção, Juninho Paulista, destacou como tem sido a negociação para jogos com europeus.

- Até na última convocação o Tite nos colocou na parede pedindo amistoso contra europeias. Não depende da gente. Eu também quero, o problema é o calendário europeu. Temos Eliminatórias até março. Em junho e setembro, vão ter jogos da Nations League. É nossa vontade jogar contra europeus e outros continentes, mas europeus não têm datas para acontecer os jogos... - declarou.

O Brasil não enfrenta um rival europeu desde março de 2019, quando venceu a República Tcheca por 3 a 1.

Últimas