Lance Seleção Brasileira não usará Granja Comary antes de uma Copa do Mundo apenas pela segunda vez

Seleção Brasileira não usará Granja Comary antes de uma Copa do Mundo apenas pela segunda vez

Inaugurado em 1987, centro de treinamentos do time brasileiro só não foi a base da equipe antes do Mundial de 2006. Tite comandará treinos no CT da Juventus na próxima semana

Lance
Lance

Lance

Lance

Após o anúncio dos 26 convocados para a Copa do Mundo de 2022, a Seleção Brasileira agora se reúne em Turim, na Itália, para finalizar a preparação para o torneio do Qatar. O técnico Tite utilizará as instalações da Juventus para comandar as atividades antes da viagem ao Oriente Médio.


Neste ano, porém, o Brasil não terá o carinho e o calor dos torcedores nos treinamentos, algo que foi normal nos últimos Mundiais. A Seleção abrirá mão da Granja Comary, no Rio de Janeiro, em virtude do calendário apertado.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

CT Juventus

CT Juventus

Lance

Centro de treinamentos da Continassa, da Juventus (Foto: Divulgação / Juventus)

As principais competições europeias serão interrompidas apenas no dia 13 de novembro, exatamente uma semana antes do início da Copa do Mundo (dia 20). Por conta do prazo apertado, a CBF decidiu não se apresentar no Brasil, mas sim na Europa, de onde seguirá para o Qatar.

A comissão técnica da Seleção Brasileira, encabeçada pelo técnico Tite, chega a Turim entre os dias 12 e 13 (sábado e domingo). Os jogadores, por sua vez, são aguardados entre os dias 14 e 15 (segunda e terça-feira).

+ Mudanças no ranking! Saiba quais são os clubes que mais cederam jogadores à Seleção Brasileira em Copas

Esta será apenas a segunda vez que a Seleção Brasileira não utilizará as instalações da Granja Comary na preparação para a Copa do Mundo. Inaugurada em 1987, a equipe canarinho treinou em Teresópolis para todos os Mundiais a partir de 1990, com exceção ao ano de 2006.

Para a Copa do Mundo da Alemanha, o técnico Carlos Alberto Parreira e a Seleção Brasileira decidiram realizar a preparação antes do torneio na cidade de Weggis, na Suíça. O que era para ser trabalho, entretanto, acabou virando farra.

Treino da Seleção Brasileira em Weggis, na Suíça, antes da Copa do Mundo de 2006 - Ronaldinho Gaúcho e torcedora que invadiu o gramado

Treino da Seleção Brasileira em Weggis, na Suíça, antes da Copa do Mundo de 2006 - Ronaldinho Gaúcho e torcedora que invadiu o gramado

Lance

Torcedora driblou seguranças e invadiu o gramado para abraçar Ronaldinho em Weggis, em 2006 (Foto: ANTONIO SCORZA / AFP)

+ Daniel Alves e Thiago Silva no topo! Veja quais são os brasileiros mais velhos em Copas do Mundo

Na pequena cidade suíça, de cerca de 4 mil habitantes, o Brasil perdeu o foco muitas vezes e deixou de se preparar da forma como deveria ser. Até um "Carnaval fora de época" rolou, com a presença de Neguinho da Beija-Flor.

Para este ano, na busca pelo hexacampeonato mundial, a expectativa é de que os trabalhos sejam restritamente focados. Em Turim ou em Doha, Tite sabe que a missão não é simples.

Últimas